terça-feira, 30 de abril de 2019

Seleção de Contos de Andersen

Hans Christian Andersen (Odense, 2 de abril de 1805 — Copenhaga, 4 de agosto de 1875) foi um escritor dinamarquês de histórias infantis. Em vida, escreveu peças de teatro, canções patrióticas, contos, histórias, e, principalmente, contos de fadas, pelos quais é mundialmente conhecido

Esta obra inclui três bonitos contos da autoria de Hans Christian Andersen: A princesa e a ervilha, uma história sobre amor, aparências e verdade; O rouxinol, uma história sobre o poder e a bondade; Os sapatos vermelhos, uma história sobre a vaidade e as suas consequências.

Excerto
O Rouxinol
Na China, como bem sabes, o Imperador é chinês e todos quantos tem à sua volta são chineses. Já lá vão muitos anos, mas precisamente por isso vale a pena ouvir a história antes que seja esquecida! O palácio do Imperador era o mais sumptuoso do mundo, completa e inteiramente de porcelana fina, tão precioso, mas tão frágil, tão embaraçante, que, se lhe tocava, era preciso verdadeiramente tomar atenção.

Este é mais um título da coleção Educação Literária.

Queres conhecer o resto da história? Então vem requisitar o livro!
Já disponível na Biblioteca!

segunda-feira, 29 de abril de 2019

Viagens de Gulliver

Lemuel Gulliver, cirurgião naval e náufrago, acorda em Lilliput, onde o tamanho minúsculo dos seus habitantes torna as suas discussões e preocupações ridículas. Uma segunda viagem leva-o até ao reino dos gigantes. Depois, de novo lançado no mar por piratas...

Excerto
Tive uma infância feliz, embora minha família não fosse de gente rica e houvesse cinco filhos em casa. Eu era o terceiro. Meu Pai mandou-me estudar para o Colégio Emanuel, em Cambridge, na idade dos catorze anos. Ali fiquei três anos, e fui aluno aplicado. Mas, como o encargo de pagar o Colégio se tornou excessivo para as posses de meu Pai, entrei como aprendiz no consultório do Dr. James Bates, cirurgião eminente de Londres. Quatro anos ali trabalhei. Depois, resolvido a ser médico da marinha, aprendi a arte da navegação, pois sempre pensei ser esse estudo o mais conveniente para o meu inato desejo de percorrer e conhecer o mundo...

Queres saber a continuação da história? Então, vem requisitar o livro.
Já está disponível na Biblioteca!

sexta-feira, 26 de abril de 2019

Quando os Lobos Uivam

Serra dos Milhafres, finais dos anos 40. O Estado Novo resolve impor aos beirões uma nova lei: os terrenos baldios que sempre tinham sido utilizados para bem comunitário e de onde essa comunidade retirava parte vital do seu sustento, seriam agora «expropriados» e utilizados para plantar pinheiros. Implanta-se um clima de medo nas gentes e é esse clima que Manuel Louvadeus, que havia emigrado para o Brasil anos antes, vem encontrar quando regressa à aldeia.

Excerto
Notou que o silêncio precaucioso, enchia a casa como a luz da candeia que se acende no escuro. Um segundo...dois...três, nem que passassem as alpodras dum rio. Então Filomena não reconhecia o metal da sua voz?! Que não lhe havia de parecer de todo estranho, estava em que lhe ouviu proferir subitamente e de afogadilho:
- Vai ver quem é, Jorgina!
Sentiu correr o fecho, e Manuel Louvadeus empurrou a porta...

Este é o 17.º volume da coleção Romances Completos de Aquilino Ribeiro!
Já está disponível na Biblioteca!

quinta-feira, 25 de abril de 2019

Vinte e Cinco a Sete Vozes

Que foi que aconteceu no dia 25 de Abril de 1974? Aparentemente a resposta é fácil. Mas só aparentemente, pois tudo vai depender da idade que têm os que a ela respondem...
Para os mais novos, aqueles para quem 1974 é a Pré-História, 25 de Abril, 10 de Junho, 5 de Outubro ou 1.º de Dezembro é tudo o mesmo, ou seja, é feriado e isso é que importa. Mas para os mais velhos, as coisas não são assim tão simples.
Do conjunto de sete vozes diferentes se faz história - com um final feliz, já que a liberdade também se pode festejar de mãos dadas num centro comercial da cidade...

Queres saber mais sobre este episódio da história de Portugal?
Então, vem requisitar o livro! Já disponível na Biblioteca!

Feliz Dia da Liberdadesão os votos da equipa da biblioteca.

A Professora Bibliotecária,
Isabel Santos

quarta-feira, 24 de abril de 2019

A História do Pedrito Coelho

Pedrito é um coelho traquinas que mora num bosque, com os seus irmãos e mãe. Um dia, a mãe tem de sair e recomenda-lhes que fiquem em casa. Pedrito, desobediente, resolve fazer uma visita à horta do Sr. Gregório, que por pouco não lhe custa a vida.

Excerto
Pedrito sentou-se para descansar. Estava sem fôlego e a tremer de medo, e não fazia a menor ideia por que caminho seguir.
Além disso, estava encharcado por ter saltado para dentro do regador. 
Passado um bocado, começou a andar d um lado para o outro, TOC, TOC, TOC, não muito depressa e olhando para todos os lados.

Este é mais um título da coleção Educação Literária.

Queres viver esta aventura com o Pedrito? Então vem requisitar o livro.
Já está disponível na Biblioteca!

terça-feira, 23 de abril de 2019

Horóscopos Chineses - Coelho

Tranquilo, generoso e dotado de grande imaginação, o Coelho preza muito estar em harmonia com o que rodeia. Adora ser apaparicado e dá o seu melhor numa relação pacífica.
O Coelho tem um carácter tranquilo e generoso, e um espírito cheio de juventude e e imaginação.
É sensível e fica mais feliz quando está em harmonia  com o ambiente que o rodeia.
Prefere manter-se em último plano do que colocar-se nas luzes da ribalta.
                                                                                               
Descobre as características deste signo do horóscopo chinês.
  Já está disponível na Biblioteca!

segunda-feira, 22 de abril de 2019

D. Isabel de Coimbra, Insigne Rainha

Casou com D. Afonso V, tinha apenas dez anos de idade, renovou votos matrimoniais aos catorze e consumou casamento aos quinze.
Enquanto rainha, o seu papel de mediadora no conflito que opôs o regente D. Pedro, seu pai, a seu marido, foi de extrema importância e de um valor inegável para a História de Portugal Medieval. Quis o destino que a mediação não surtisse efeito e que o seu desfecho tivesse a Batalha de Alfarrobeira por cenário. Depois da morte do regente D. Pedro, a sua acção continua ao lado da família e alguns acontecimentos marcam a sua intervenção.

Lê o livro para ficares a conhecer melhor a vida desta Rainha portuguesa!
Já está disponível na Biblioteca!

sexta-feira, 19 de abril de 2019

Páscoa

Cenas da Paixão de Cristo (1470), da autoria do pintor Hans Memling
A Páscoa é uma celebração religiosa que comemora a ressurreição de Jesus Cristo, sendo por excelência um momento de confraternização, de paz, de alegria e de reunião familiar. Para deleite de todos fica o poema "Páscoa" de Miguel Torga, acompanhado pelo quadro do pintor Hans Memling intitulado "Cenas da Paixão de Cristo".

Páscoa

Um dia de poemas na lembrança
(Também meus)
Que o passado inspirou.
A natureza inteira a florir
No mais prosaico verso.
Foguetes e folares,
Sinos a repicar,
E a carícia lasciva e paternal
Do sol progenitor
Da primavera.
Ah, quem pudera
Ser de novo
Um dos felizes
Desta aleluia!
Sentir no corpo a ressurreição.
O coração,
Milagre do milagre da energia,
A irradiar saúde e alegria
Em cada pulsação.

Miguel Torga, In Diário XVI

Uma Feliz e Santa Páscoasão os votos da equipa da biblioteca.

A Professora Bibliotecária,
Isabel Santos

quinta-feira, 18 de abril de 2019

O Pássaro da Cabeça

Manuel António Pina (Sabugal, 1943- Porto, 2012) jornalista e escritor português. "O Pássaro da Cabeça" foi publicado em primeira edição em 1983, com colagens de Maria Priscila Soares. Poemas do livro figuram em vários discos. 

Excerto
A Ana Quer

A Ana quer
nunca ter saído
da barriga da mãe.
Cá fora está-se bem,
mas na barriga também
era divertido.

O coração ali à mão,
os pulmões ali ao pé,
ver como a mãe é
do lado que não se vê.

O que a Ana mais quer ser 
quando for grande e crescer 
é ser outra vez pequena: 
não ter nada que fazer 
senão ser pequena e crescer 
e de vez em quando nascer 
e voltar a desnascer.

Este é mais um título da coleção Educação Literária.

Gostas de poesia? Então vem requisitar o livro!
Já disponível na Biblioteca!

quarta-feira, 17 de abril de 2019

A Maior Língua

Sabes qual é a maior língua de um mamífero? É a língua do morcego-de-lábio-tubular.

Em relação ao tamanho do corpo, o morcego-de-lábio-tubular (Anoura Fistulata) dos Andes, Equador, possui a maior língua de qualquer mamífero. Tem um alcance de 8,49 cm - isto é, 150% do comprimento do corpo.
Este morcego, segundo Nathan Muchhala da universidade de Miami, é o único polinizador do Centropogon Nigricans, uma planta cujas pétalas formam uma corola com 8-9 cm.

Morcego
Centropogon Nigricans
Shuker, Karl. (2008). Planeta Vivo. In Craig Glenday, Guiness World Records 2009 (p. 49). Alfragide: Livros d'Hoje.

terça-feira, 16 de abril de 2019

Marsupial em Extinção

Sabes qual é a maior ressurreição de um marsupial em extinção? É o possum-pigmeu.

Até agosto de 1966, o possum-pigmeu, Burramys parvus, era apenas conhecido da ciência através de fósseis antigos datados de há 10 000 - 15 000 anos. 


possum-pigmeu
Quando o zoólogo Dr. Kenneth Shotman descobriu uma espécie de possum desconhecida, parecido com um enorme arganaz, escondido num canto do abrigo de esqui da universidade de Melbourne. 
Estudos sobre esta intrigante criatura revelaram ser o possum-pigmeu e, desde então, têm sido encontrados diversos espécimenes em Victoria e na Nova Gales do Sul, Austrália, constituindo uma ressurreição de uma espécie supostamente extinta há milhares de anos. 

Ken Shortman
Shuker, Karl. (2008). Planeta Vivo. In Craig Glenday, Guiness World Records 2009 (p. 48). Alfragide: Livros d'Hoje.

segunda-feira, 15 de abril de 2019

A Salamandra Mais Venenosa

Sabes qual é a salamandra mais venenosa? É a Taricha Torosa.

A pele, sangue e músculos da salamandra Taricha torosa da Califórnia contém tetrodotoxina - uma substância tóxica que atua como um poderoso veneno no sistema nervoso. Experiências feitas em laboratórios demonstraram que uma minúscula gota é suficientemente venenosa para matar milhares de ratos. No entanto, a salamandra é imune a grandes concentrações da substância.

Salamandra Taricha Torosa
Shuker, Karl. (2008). Planeta Vivo. In Craig Glenday, Guiness World Records 2009 (p. 34). Alfragide: Livros d'Hoje.

sexta-feira, 12 de abril de 2019

O Acampamento Fantasma

Desta vez, o Bando dos Quatro vai sair de Vila Rica. A escola organizou um acampamento durante as férias da Páscoa e o Carlos, a Catarina, o Álvaro e o Frederico não podiam deixar de inscrever-se.
O que eles não previam era que o acampamento se transformasse, de repente, num pesadelo. Mas, claro, o Bando dos Quatro não se deixa intimidar e dispõe-se a travar uma luta terrível, contra forças desconhecidas. Felizmente, os quatro vão contar com um auxílio inesperado; ainda assim, não esquecerão tão cedo aquele acampamento!

Este é o 18.º volume da coleção O Bando dos Quatro!
Já disponível na Biblioteca!

quinta-feira, 11 de abril de 2019

John Logie Baird

A "caixa mágica"

Se por acaso John Logie Baird não tivesse inventado a televisão, a tua vida era, com toda a certeza, uma grande seca! Não podias jogar PlayStation, ver desenhos animados ou assistir às tuas séries favoritas. Mas, em contrapartida, tinhas mais tempo para estudar. Bem... era uma verdadeira desgraça, só comparável a um terramoto ou erupção vulcânica!

Excerto
Há uma história que se costuma contar a todos aqueles que são dependentes da televisão...
... Parece que houve em tempos um menino que se sentia muito sozinho e que, por isso, todos os dias, antes de dormir, pedia um desejo: que, no dia seguinte, quando acordasse, fosse uma televisão.

Se queres saber porquê? Então tens mesmo de ler este livro!
Já está disponível na Biblioteca!

quarta-feira, 10 de abril de 2019

Louis Pasteur

Contra os micróbios, lutar, lutar!!

Alguma vez pensaste, quando te obrigam a tomar uma vacina, em quem terá sido o responsável pela invenção de uma coisa tão assustador? Pois bem, está na altura de saberes isso e de não culpares os teus pais ou as senhoras enfermeiras.
O responsável por teres de tomar vacinas chama-se Louis Pasteur. Sabes, foi ele quem descobriu uma forma de fortalecer o nosso corpo contra as infeções.

Excerto
Louis ainda não se tinha apercebido, mas até aquela altura todas as suas experiências tinham que ver com o mundo invisível dos micróbios.

Se queres saber porquê? Então tens mesmo de ler este livro!
Já está disponível na Biblioteca!

terça-feira, 9 de abril de 2019

Do Alto do Cavalo Azul

À infância, que é um desses lugares perdidos aonde já só em sonho, montando um cavalo azul, se pode outra vez voltar, também há quem regresse por um livro.
Precisamos é de ter as mãos livres para segurar a rédea que nos conduz, como leitores, pelas paisagens da memória, enquanto se parte à descoberta da cor viva das letras, da música de um verso, do mistério de um conto por onde correm ligeiras sombras de criança.

Excerto
regressam com a névoa
brancos cavalos
são
pela orla do mar
já há-de ser verão
[...]

Gostas de poesia? Então vem requisitar este livro.
Já está disponível na Biblioteca!

segunda-feira, 8 de abril de 2019

D. Matilde, D. Teresa, D. Mafalda e D. Sancha, Primeiras Infantas de Portugal

Logo na primeira geração de infantes sobressai Mafalda/Teresa/Matilde, mulher de fina inteligência, tornada condessa da Flandres pelo casamento.
Mas foi na geração seguinte, nascida do enlace de D. Sancho I e de D. Dulce de Aragão, que se assinalou uma verdadeira plêiade de infantas, que, nos reinos a que foram chamadas a servir, ou no seu país, se souberam guindar a altos méritos, tornando-se pedras incontornáveis da política da sua época.
Mulheres do seu tempo, cultivaram ainda uma piedade digna de nota, que as havia de fazer elevar à honra dos altares. Dentre eles, D. Teresa, D. Sancha e D. Mafalda foram, sem dúvida, as mais ilustres da segunda geração de infantes de Portugal.

Lê o livro para ficares a conhecer melhor a vida destas Infantas de Portugal!
O livro já está disponível na Biblioteca!

sexta-feira, 5 de abril de 2019

D. Maria II, a Educadora

Quando tinha apenas sete anos de idade, o seu pai, D. Pedro IV, abdicou do trono de Portugal em seu favor, na condição de que contraísse matrimónio com o seu tio D. Miguel. Foi aceite como noiva pelo seu tio que mais tarde a rejeitou como noiva e como rainha. Assumiu o governo do reino com 15 anos. O reinado de D. Maria II foi complicado, percorrido por acontecimentos marcantes a nível europeu, como a revolução industrial, a mudança do paradigma sociopolítico liberal, as ambiguidades da igualdade e do direito, o desenvolvimento do capitalismo, o triunfo das nacionalidades na Europa e a afirmação de uma nova elite social, a burguesia. Tudo se reflectiu em Portugal, num processo difícil e agitado.

 Lê o livro para ficares a conhecer melhor a vida desta Rainha portuguesa!
Já está disponível na Biblioteca!

quinta-feira, 4 de abril de 2019

Electricidade e Magnetismo

Donde vem a eletricidade? Quais são os elementos básicos de um circuito elétrico? O que são campos magnéticos? Como funcionam os eletroímanes?
Este livro oferece-te as respostas de que precisas para entrares nos apaixonantes mundos da eletricidade e do magnetismo. Ambos formam parte do nosso dia-a-dia e, certamente, gostarás de saber um pouco mais sobre eles.

Excerto
Íman - Mineral de ferro que tem a propriedade de atrair o ferro e o aço e, em menor grau, alguns outros materiais.
Também há ímanes artificiais para cujo fabrico se utiliza o ferro, o cobalto, o níquel e ligas entre estes metais ou com outros.

Vem conhecer a coleção Pequeno Engenheiro.
Já está disponível na Biblioteca!

quarta-feira, 3 de abril de 2019

Que cena, Professor!

Se achas que só a ti é que te calham daqueles professores que parecem saídos de um filme, então junta-te à Malu neste relato pormenorizado sobre algumas das pessoas que mais marcaram a sua vida.
Desde o jardim de infância à faculdade, passando pelas aulas de ballet, de teatro, de surf ou de condução, a Malu conheceu todo o tipo de professores e tem inúmeras situações cómicas para te contar. Como as aulas entediantes que obrigou as amigas a suportar por causa do stôr incrivelmente feio por quem estava apaixonada, ou aquela vez em que um colega conseguiu fazer rir o "Prof" mais sisudo à face da Terra... Sem esquecer que também houve os professores conselheiros e cúmplices das suas peripécias, e acima de tudo aqueles que lhe ensinaram importantes lições sobre respeito e humanidade.

Queres viver esta aventura? Então vem requisitar o livro.
Já está disponível na biblioteca!

terça-feira, 2 de abril de 2019

Humildade Gloriosa

Nesta obra, seguimos passo a passo a vida de Santo António de Lisboa, ou de Pádua para os italianos, onde Aquilino Ribeiro desenha em grandes quadros o percurso terreno do homem cuja voz influenciou profundamente o pensamento europeu da Idade Média, desde a descuidadosa infância até à morte, em santidade, num mosteiro, em Pádua, de Donas Pobre.

Excerto
Tinham-lhe vindo dizer que o mocinho trazia o corpo numa chaga. Os capatazes eram uns verdugos para os obreiros, cativos na maioria. Batiam-lhes tanto que muitos ficavam aleijados para toda a vida. Outros sucumbiam aos golpes. Mas o filho dela nem moiro era. A mãe, sim, que ainda não renegara o profeta, mas o filho fora batizado. Tinham-lhe posto o nome de Filipe, quando ela tanto queria que se chamasse Benismail, que era o nome do avô.. 

Este é o 15.º volume da coleção Romances Completos de Aquilino Ribeiro!
Já está disponível na Biblioteca!

segunda-feira, 1 de abril de 2019

O Voo do Golfinho

E se todos tivéssemos o dom de mudar de corpo ao longo da vida? E se voar fosse mesmo possível para todos os que sempre desejaram ter asas? Esta é a estória de um golfinho que queria ser passarinho ...

Excerto
Chamo-me golfinho mas agora também me chamo pássaro. 
Tenho uma pequena história para contar.
Sentem-se que eu vou começar.
Cresci no mar, a brincar, com outros golfinhos. Gostava de nadar, de sorrir e até já gostava de voar. Os meus amigos diziam que eu tinha um bico diferente. O que seria um bico diferente?

Queres saber o fim da história? Então vem requisitar o livro.
Já disponível na Biblioteca!