terça-feira, 1 de janeiro de 2019

Dia Mundial da Paz

Os 98 anos de Sophia de Mello Breyner Andresen

E porque hoje é o Dia Mundial da Paz deixamos aqui, como presente para todos, um poema de Sophia de Mello Breyner Andresen.

A Paz sem Vencedor e sem Vencidos

Dai-nos Senhor a paz que vos pedimos 
A paz sem vencedor e sem vencidos 
Que o tempo que nos deste seja um novo 
Recomeço de esperança e de justiça 
Dai-nos Senhor a paz que vos pedimos 

A paz sem vencedor e sem vencidos 

Erguei o nosso ser à transparência 
Para podermos ler melhor a vida 
Para entendermos vosso mandamento 
Para que venha a nós o vosso reino 
Dai-nos Senhor a paz que vos pedimos 

A paz sem vencedor e sem vencidos 

Fazei Senhor que a paz seja de todos 
Dai-nos a paz que nasce da verdade 
Dai-nos a paz que nasce da justiça 
Dai-nos a paz chamada liberdade 
Dai-nos Senhor a paz que vos pedimos 

A paz sem vencedor e sem vencidos 

Sophia de Mello Breyner Andresen, in 'Dual'

Feliz Dia da Pazsão os votos da equipa da biblioteca.

A Professora Bibliotecária,
Isabel Santos

Sem comentários: