quarta-feira, 31 de maio de 2017

Chopin

Frédéric Chopin, de origem francesa pelo lado paterno nasceu em Zelazowa Wola, na Polónia, a 22 de fevereiro  de 1810. Poucos meses depois do seu nascimento,a família mudou-se para Varsóvia onde o pai obtivera um lugar de professor de língua e literatura francesas.
O talento musical de Frédéric manifestou-se muito cedo. Com sete anos já havia composto duas polacas, uma das quais foi publicada. A imprensa local fez eco do precoce génio do "pequeno Chopin" que em breve se transformou na atração dos salões aristocráticos de Varsóvia.
Entre 1816 e 1822 estudou piano, de 1823 a 1826 estudou no liceu de Varsóvia e, em 1826, começou a estudar teoria da música, baixo cifrado e composição na Escola de Música de Varsóvia. Quando concluiu os seus estudos, o diretor da escola anotou no seu relatório final o seguinte: "Chopin, Fryderyk, aluno do terceiro ano: talento surpreendente, génio musical."

Este é o 20.º volume da coleção História da Música Clássica.
Já está disponível na Biblioteca!

Senta-te confortavelmente. Fecha os olhos e aprecia a melodia!

terça-feira, 30 de maio de 2017

Maio - Conspiração 365

Callum Ormond foi avisado. Ele  tem 365 dias.
A contagem decrescente começou....

Ouvem-se gritos por todo o lado. Cal foi internado num manicómio sob outra identidade e não faz ideia quem o levou para ali. Como os médicos estão convencidos de que Cal- Ben Galloway - está a delirar, não fazem qualquer tenção de o libertar... e o perigo espreita dos dois lados das  grades.
Presa numa camisa de forças, Call vê-se impedido de se encontrar com o tio-avô Bartholomew ou de resolver o Mistério Perigoso dos Ormond ... Ninguém acredita numa palavra do que ele diz - nem mesmo a verdade pode salvá-la agora. O relógio não pára... Cada segundo pode ser o último...

Este é o 5.º volume da coleção Conspiração 365!
Uma aventura de cortar a respiração! Queres vivê-la?
Então vem requisitar o livro. Já está disponível na Biblioteca!

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Encicolpédia Visum - Atras/Carl

Imagem de uma época. Obra colectiva ao serviço da comunidade, uma enciclopédia é a imagem de uma técnica, de uma cultura e de uma sociedade.

Botulismo - Envenenamento resultante da ingestão de carnes ou enchidos contaminados com o bacilo botulínico, provocando, c. seis horas depois, vómitos, perturbações de visão e paralisia dos músculos da deglutinação e respiratórios, levando à morte. Ataca mamíferos, pássaros e peixes de água doce. Combate-se esta doença por meio de vacinas ou soros.

Este é o 2.º volume da Encicolpédia Visum.
 Queres saber mais sobre outros assuntos?
Já está disponível na Biblioteca!

sexta-feira, 26 de maio de 2017

Grieg e Sibelius

Eduard Grieg nasceu a 15 de junho de 1843, em Bergen, a cidade costeira mais importante do oeste da Noruega. O seu pai, Alexander, fundou uma empresa que prosperou exportando peixe para o Reino Unido, enquanto sua mãe, Gesine Hagerup, era  a melhor professora de piano da cidade. Foi ela que guiou os primeiros passos de Eduard na música. Contudo, o verdadeiro descobridor  do excecional talento do jovem foi o violinista Olle Bull que convenceu os pais de Grieg a que este estudasse em Leipzig como os melhores professores europeus. A influência de Bull também se manifestou no interesse precoce do jovem pela música popular norueguesa, de que o violinista era um ardente defensor. Estreou-se como pianista e compositor a 21 de maio de 1862, em Bergen, interpretando as suas peças para Piano e Lieder. Depois instalou-se em Copenhaga onde conviveu com outros compositores. Viajou para Itália e em Roma conheceu o dramaturgo norueguês Henrik Ibsen de quem decidiu adaptar várias obras, entre as quais o poema dramático Peer Gynt. O sucesso desta adaptação foi tão grande que se considera o batismo da ópera nacional norueguesa.

Este é o 32.º volume da coleção  História da Música Clássica.
Já está disponível na Biblioteca!

Senta-te confortavelmente. Fecha os olhos e aprecia a melodia!

quinta-feira, 25 de maio de 2017

A Maldição do Pirata

Eu sou o João Pastel e estas são as minhas aventuras. É tudo verdade, mas aposto que não vais acreditar em mim. Afinal de contas, alguma vez apanhaste com uma maldição de um pirata fantasmagórico? Ou alguma vez a tua avó foi raptada por um extraterrestre? Ou já foste enganado por um génio?

Excerto
«Estava eu a sair das aulas numa sexta-feira à tarde, metido com os meus botões, quando de repente, ao passar pelo portão da escola, me fizeram uma emboscada!
- IU-UUU! PASTELINHO DE FEIJÃO! - gritou a Mãe e pregou-me com um grande beijo na cara em frente dos meus colegas todos. E, ainda por cima, tive de ir com ela às compras!
Quando a Mãe me faz uma emboscada no portão da escola, costuma ser para eu ir comprar roupa, ou então para comprar sapatos, ou pior ainda para comprar ROUPA INTERIOR!»

Acontecem cenas inacreditáveis... Este é mais um livro da coleção João Pastel!
Já está disponível na Biblioteca!

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Mozart

Wolfang Amadeus Mozart nasceu no seio de uma família desafogada. O pai, Leopold, chegara a Salzburgo proveniente da sua Augsburgo natal e, na pequena mas poderosa cidade-estado arcebispal, descobriu a sua autêntica vocação: a música. Quatro anos depois de ter ingressado, em 1743, como intérprete, na orquestra da corte, contraiu matrimónio com uma jovem salsburguesa, Anna Maria Pertl. Tudo indica que foi um casamento de amor e que o ambiente familiar esteve marcado pela alegria e sentido prático da Anna Maria e a vitalidade e ambição de Leopold.

Este é o 8.º volume da coleção História da Música Clássica.
Já está disponível na Biblioteca!

Senta-te confortavelmente. Fecha os olhos e aprecia a melodia!

terça-feira, 23 de maio de 2017

A Primeira Chave

Ulysses Moore está vivo. Sempre esteve na Vivenda Argo, à vista de Jason e Julia. Rick descobriu-o quando irrompeu na casa de Nestor, o velho jardineiro. Os gémeos, nesse entretanto, foram vítimas de uma armadilha em plena Idade Média juntamente com  Olívia Newton e Manfred, o seu homem de mão. Todos querem a mesma coisa: encontrar a Primeira Chave, a única capaz de abrir qualquer  Porta do Tempo. Chegou a hora da verdade. Finalmente, os jovens obterão resposta às suas perguntas...

Excerto
«O padre Phoenix folheou rapidamente as páginas do velho álbum onde tinha coligido pacientemente artigos de jornais e fotografias que dissessem respeito a Kilmore Cove. Saltou de uma só vez as páginas referentes aos vários anos que se seguiram ao casamento de Ulysses com Penelope e ficou frente a frente com Patricia Banner. A mãede Rick. A foto tinha sido tirada durante o funeral do seu marido. Todos os habitantes de Kilmore Cove e redondezas se haviam unido em torno da dor dos Banner, como uma família especial ligada ao mar.
- Com mil raios... - murmurou o padre Phoenix, pondo-se de pé. - Com mil raios - repetiu.
Pegou na fotografia e olhou para ela mais uma vez, reparando que estava a tremer. Tremiam-lhe as mãos e os braços. Tremiam-lhe até os joelhos, e tanto que se viu obrigado a apoiar-se na mesa redonda. Respirou fundo.
- Com mil raios -disse mais uma vez. Patricia Banner, durante o funeral do seu marido, trazia ao pescoço uma chave com três tartarugas. A Primeira Chave.»

Este é o 6.º volume da coleção Ulysses Moore
Já está disponível na Biblioteca!

segunda-feira, 22 de maio de 2017

O Mundo da Ciência - Física

Toda a gente tem perguntas a fazer acerca do mundo que nos rodeia. Que acontece quando as coisas ardem ? Porque é que chove ? Que são os vulcões ? Como é que surgiram as estrelas e o Sol, e de que são feitos ?
O Mundo da Ciência é uma série de oito livros, que mostra como as diferentes ciências descobrem as respostas para estas e muitas outras perguntas.
Cada livro é profusamente ilustrado e apresenta um texto claro e exato, que transmite os princípios básicos de cada assunto com exemplos da vida quotidiana e com experiências simples.

Queres saber mais sobre ciência? Então vem requisitar o livro.
Já está disponível na Biblioteca!

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Abril - Conspiração 365

Callum Ormond foi avisado. Ele  tem 365 dias.
A contagem decrescente começou....

Uma perseguição trepidante corre mal e deixa Cal exposto ao gangue de Oriana. Se for capturado, toda a esperança de resolver a Singularidade de Ormond e ter uma vida normal desaparecerá de novo. Ele precisa de fugir, mas como pode deixar um homem inocente afogar-se? Se Cal sobreviver, terá de decifrar o Enigma de Ormond e arriscar sair da clandestinidade para impedir os médicos de desligar as máquinas que mantêm viva a sua irmã mais nova. Mesmo que Cal resista até 31 de Dezembro, será que a sua família alguma vez vai voltar a ser a mesma?
O relógio não pára… Cada segundo pode ser o último…

Este é o 4.º volume da coleção Conspiração 365!
Uma aventura de cortar a respiração! Queres vivê-la?
Então vem requisitar o livro. Já está disponível na Biblioteca!

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Dia Internacional dos Museus

Dia Internacional dos Museus
Hoje comemora-se o Dia Internacional dos Museus. A celebração da data é feita desde o dia 18 de maio de 1977, por proposta do ICOM – Conselho Internacional de Museus (organismo da UNESCO).
Todos os anos é escolhido um tema central para comemorar o Dia Internacional dos Museus. Assim, o deste ano é: "Museus e histórias contestadas: Dizendo o indizível nos museus".
Neste dia vários museus têm entrada gratuita e o seu horário de funcionamento é alargado, com o objetivo de mais pessoas poderem visitar os espaços museológicos.
As iniciativas do Dia Internacional dos Museus em Portugal são divulgadas por volta deste dia no site Património Cultural (consulte aqui).

Visita um Museu e diverte-te à descobertasão os votos da equipa da biblioteca. 

A Professora Bibliotecária,
Isabel Santos

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Dia Mundial das Telecomunicações

Dia Mundial das Telecomunicações
Hoje celebra-se o Dia Mundial das Telecomunicações e da Sociedade de Informação, pois foi a 17 de maio de 1865 que se criou a União Telegráfica Internacional e que se assinou a primeira Convenção Telegráfica Internacional. A partir de 1932, esta entidade passou a chamar-se União Internacional das Telecomunicações – UIT.
Do grego “tele” que significa “distância”, do latim “communicare” que exprime “comunicação”, em conjunto expressa o conceito de “partilhar”, “conferenciar”, “tornar comum”.
Os objetivos da data passam por recordar o progresso nas tecnologias de informação e por chamar a atenção das pessoas para as mudanças que acontecem na sociedade, com o poder da Internet e das restantes formas de telecomunicação, unindo o mundo sob o poder da informação.

Feliz Dia das Telecomunicaçõessão os votos da equipa da biblioteca. 

A Professora Bibliotecária,
Isabel Santos

terça-feira, 16 de maio de 2017

Bach

Johann Sebastian Bach nasceu a 21 de Março de 1685, em Eisenach, no seio de uma família de músicos.
Bach perdeu os pais antes de fazer dez anos e, a partir de então, viveu sob a tutelado seu irmão mais velho, Johann Christoph, que ocupava o posto de organista em Ohrdruf. Aí prosseguiu a sua formação musical, que incluía conhecimentos técnicos sobre a construção e manutenção dos órgãos de igreja.
Bach escreveu mais de 300 cantatas, das quais sobreviveram 196 de carácter religioso e 25 profanas ou seculares.
Em 1723, o compositor mudou-se para Leipzig, cidade onde iria ficar até à sua morte. Foi nesta cidade que Bach compôs as obras que representam o ponto alto da sua carreira musical: Missa em Si Menor, Paixão segundo São João, Paixão segundo São Mateus e Variações Goldberg, entre outras.

Este é o 4.º volume da coleção História da Música Clássica.
Já está disponível na Biblioteca!

Senta-te confortavelmente. Fecha os olhos e aprecia a melodia!

segunda-feira, 15 de maio de 2017

Faça Chuva ou Faça Sol

O Winnie vive no bosque dos Cem Acres. É para lá que estas ternurentas histórias levam as crianças. Em cada livro, os mais pequenos irão descobrir curiosos factos sobre a Natureza, como o crescimento das plantas e a sucessão das estações do ano. Ao mesmo tempo, aprendem o significado de valores como a amizade, a entreajuda, a honestidade ou a partilha.

Excerto
«Numa linda manhã de Primavera, o Winnie estava a ouvir a Coruja falar sobre o tempo.
- Hoje não vamos ter vento nem precipitação - dizia a Coruja.
- Pre...quê? - perguntou o Winnie espantado.
- Precipitação - respondeu a Coruja. - Chuva, Winnie. Hoje não vai chover.
O Winnie ficou tão contente que até teve uma ideia.
- E se fizéssemos um piquenique? - perguntou ele à Coruja.
- Desculpa, Winnie - disse a Coruja -, mas prometi à minha tia ir tomar chá com ela.
Enquanto a Coruja se afastava, o Winnie foi até casa do Piglet. Encontrou o amigo no jardim, a sacudir um tapete.
- Olá, Piglet. Queres ir fazer um piquenique?
- Não posso, Winnie - respondeu o Piglet. - Ando a fazer as limpezas de Primavera.»

Este é o 10 .º volume da coleção Histórias para Crescer e Aprender!
Já está disponível na Sala Horizontes!

sexta-feira, 12 de maio de 2017

Os Buracos Negros do Tio Alberto

Novas descobertas de Gedanken, a sobrinha do famoso cientista... Junta-te a ela e ao seu simpático computador falante. 
Descobre como começou o Universo e porque razão o espaço é curvo e irregular.
Que transformações sofrem o tempo e a luz à medida que aumentamos a velocidade.
O fascinante universo dos escaravelhos míopes e o seu irrascível professor.
Visita a Lua, as estrelas e galáxias na poderosa nave de Gedanken, mas, atenção aos buracos negros!
  
 Queres saber mais sobre astronomia? Então vem requisitar o livro.
Já está disponível na Biblioteca!

quinta-feira, 11 de maio de 2017

A Amazónia - Mitos e Lendas

A floresta da Amazónia, escura, húmida e sufocante, é o lugar de todos os perigos e de todos os sortilégios.
Reino das plantas venenosas, das aranhas gigantes e dos répteis de mordeduras temíveis, esse "inferno verde" é também o domínio do deus-cobra e esconde o misterioso Eldorado.
Para os índios que lá vivem em liberdade, não existe fronteira precisa entre a realidade e o sobrenatural. Tudo lá é sujeito a lendas.

Excerto
«Desde a noite dos tempos, deuses estranhos, criaturas fantásticas, heróis felizes ou desgraças povoam os sonhos da Humanidade. A coleção Mitos e Lendas propõe-se fazer reviver os cavaleiros, animais extraordinários ou deuses misteriosos que mais marcaram a nossa história.»

Gostas de mitos e lendas?  Então esta coleção é ideal para ti!
Já está disponível na Biblioteca!

quarta-feira, 10 de maio de 2017

O Príncipe Nabo

Peça de teatro onde se busca um príncipe para casar com a princesa. Será que há pretendentes?

Esta história acabou,
Sem dúvida que vos agradou.
espero que penseis nela,
na donzela rica e bela
que de tamanho desdém,
Ia ficando sem ninguém.

Mas a vida que amargou
De maior desgraça a salvou.
E cá estou eu a palrar
em vez de tornar
A animar esse pessoal
Que sem mim trabalha muito mal.

Como sabeis, temos festa
E portanto só me resta
Convidar-vos a vir.
Decerto gostareis de assistir

Ao casamento de maior importância
Aqui e na terra da Abundância.
Vinde cumprimentar Sua Majestade
e Mademoiselle Fanfaronnade,

O príncipe Nabo, Sua Alteza,
E Beatriz, a famosa princesa.
a mim também, o Marcelino,
Bobo da corte e bailarino.
e agora, amigo espetador,
Uma salva de palmas, por favor!!!

Queres conhecer melhor a história? Então vem requisitar o livro.
Já está disponível na Biblioteca!

terça-feira, 9 de maio de 2017

Mozart

Wolfgang Amadeus Mozart, nasceu em Salzburgo, na Áustria, a 27 de janeiro de 1756 e compôs a sua primeira obra, Andante em Dó, em 1761.
Desde a sua primeira infância, Mozart cultivou todos os géneros musicais do seu tempo, mas também desde essa idade precoce despertou nele uma vocação irreprimível pela música teatral, pela ópera, como mostra uma frase escrita por seu pai em 1764, quando o prodígio contava oito anos,  em que se diz: "Wolfgang está sempre a pensar numa ópera que se propõe representar em Salzburgo, com jovens." 
Mozart transpôs para a música o novo espírito pré-revolucionário característico do Século das Luzes, prenunciador das grandes alterações políticas que iriam modificar profundamente o palco europeu em virtude da Revolução Francesa.

Este é o 10.º volume da coleção História da Música Clássica.
Já está disponível na Biblioteca!

Senta-te confortavelmente. Fecha os olhos e aprecia a melodia!

segunda-feira, 8 de maio de 2017

Dia Mundial da Cruz Vermelha

Cruz Vermelha
Hoje comemora-se o Dia Mundial da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho. 
A escolha da data deve-se ao facto do dia 8 de maio ser a data de nascimento de Henry Dunant, o fundador da Cruz Vermelha. 
Esta é a maior organização humanitária do mundo tendo sido criada em 1863. 
Neste momento, conta com cerca de 97 milhões de voluntários, em 190 países e tem como missão prestar assistência humanitária e social, em especial aos mais vulneráveis. 
Os sete princípios da Cruz Vermelha são: Humanidade, Imparcialidade, Neutralidade, Independência, Voluntariado, Unidade, Universalidade.

Parabéns Cruz Vermelha, pelo vosso extraordinário trabalho humanitário. Estes são os votos da equipa da biblioteca.

A Professora Bibliotecária,
Isabel Santos

sexta-feira, 5 de maio de 2017

Bach

Johann Sebastian Bach nasceu a 21 de Março de 1685, em Eisenach, no seio de uma família de músicos.
Bach perdeu os pais antes de fazer dez anos e, a partir de então, viveu sob a tutelado seu irmão mais velho, Johann Christoph, que ocupava o posto de organista em Ohrdruf. Aí prosseguiu a sua formação musical, que incluía conhecimentos técnicos sobre a construção e manutenção dos órgãos de igreja.
Depois de concluir os estudos secundários, Bach aceitou um primeiro posto de trabalho em Arnstadt, em 1703, como afinador e restaurador dos órgãos das três igrejas da cidade. Graças ao seu conhecimento pormenorizado deste complexo instrumento, aos dezoito anos tinha garantido uma atividade profissional.
O seu contrato não comtemplava atividades musicais como a criação e interpretação de obras. No entanto, Bach continuou a compor. Escreveu prelúdios e tocatas, embora algumas obras deste período não tenham sobrevivido.
Entre 1717 e 1723, Bach compôs exclusivamente música instrumental e cantatas seculares, destacando-se os Concertos de Brandeburgo.
Em 1723, o compositor mudou-se para Leipzig, cidade onde iria ficar até à sua morte. Foi nesta cidade que Bach compôs as obras que representam o ponto alto da sua carreira musical: Missa em Si Menor, Paixão segundo São João, Paixão segundo São Mateus e Variações Goldberg, entre outras.

Este é o 2.º volume da coleção História da Música Clássica.
Já está disponível na Biblioteca!

Senta-te confortavelmente. Fecha os olhos e aprecia a melodia!

terça-feira, 2 de maio de 2017

Júlio Verne

Descobrir o fundo do mar na companhia do capitão Nemo, apostar, com Phileas Fogg, numa volta ao mundo em oitenta dias, penetrar nas entranhas do globo terrestre seguindo as pisadas do jovem Axel... Vinte Mil Léguas Submarinas, A Volta ao Mundo em Oitenta Dias, Viagem ao Centro da Terra... outros tantos convites ao devaneio, ao deslumbramento.
Ler um romance de Júlio Verne é também recuar no tempo, e vermo-nos no fim do séc. XIX. O momento é de progresso: os sábios fazem descobertas importantes, os exploradores partem à conquista  das regiões do planeta ainda virgens...
A eletricidade, o caminho de ferro, a telegrafia...transformam a vida quotidiana. Que espécie de visionário era Júlio Verne? De que maneira a Ciência e as técnicas do seu tempo alimentaram os seus romances?

Esta obra procura responder a estas interrogações e muitas outras questões!
Já está disponível na Biblioteca!

segunda-feira, 1 de maio de 2017

Dia do Trabalhador

O Dia do Trabalhador é celebrado anualmente no dia 1 de maio em numerosos países do mundo, sendo feriado em Portugal e noutros países.
Trabalhador
De uma forma divertida ficam aqui Os Ses... do Trabalhador.

Os Ses do Trabalhador
  1. Se chego a horas... sou maníaco.
  2. Se me atraso... sou irresponsável.
  3. Se sou jovial... não levo nada a sério.
  4. Se me mostro reservado... tenho a mania que sou bom.
  5. Se me preocupo com o trabalho... sou chato.
  6. Se não me preocupo... sou um "desligado".
  7. Se faço um elogio... sou um engraxador.
  8. Se faço uma crítica... sou uma besta.
  9. Se fico depois da hora... estou-me a fazer à promoção.
  10. Se saio a horas... estou-me nas tintas para o serviço.
  11. Se faço horas extraordinárias... faço tudo por uns tostões.
  12. Se insisto no meu ponto de vista... além de burro, sou teimoso.
  13. Se não insisto no meu ponto de vista... não tenho carácter.
  14. Se sou o mais velho desta seção... sou um fóssil pré-histórico.
  15. Se sou o mais novo desta seção... não passo de uma criança.
  16. Se sou promovido... sou o bufo do chefe.
  17. Se não sou promovido... sou um incompetente.
  18. Se luto pelos meus interesses... sou um agitador anarquista.
  19. Se faço greve... sou comunista.
  20. Se não faço greve... sou fascista.
  21. Se tento ajudar... tenho a mania de que só eu é que sei.
Feliz Dia do Trabalhadorsão os votos da equipa da biblioteca. 

A Professora Bibliotecária,
Isabel Santos