segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Como Se Faz uma Tese Em Ciências Humanas

«… fazer uma tese é como exercitar a memória. Temos uma boa memória em velhos se a mantivemos em exercício desde muito jovens.» Dirigindo-se a todos os estudantes, do secundário ao universitário, que têm de apresentar e defender uma tese, Umberto Eco neste livro expõe, passo a passo, todos os procedimentos que devem ser seguidos para fazer uma tese em Ciências Humanas: a escolha do tema, a organização do tempo de trabalho, como conduzir uma investigação bibliográfica, o material selecionado e, por fim, a redação do trabalho. 

Um livro indispensável e sempre atual!
Já está disponível na Biblioteca!

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

O Cemitério de Praga

Durante o século XIX, entre Turim, Palermo e Paris, encontramos uma satanista histérica, um abade que morre duas vezes, alguns cadáveres num esgoto parisiense, um garibaldino que se chamava Ippolito Nievo, desaparecido no mar nas proximidades do Stromboli, o falso bordereau de Dreyfus para a embaixada alemã, a disseminação gradual daquela falsificação conhecida como Os Protocolos dos Sábios de Sião (que inspirará a Hitler os campos de extermínio), jesuítas que tramam contra maçons, maçons, carbonários e mazzinianos que estrangulam padres com as suas próprias tripas, um Garibaldi artrítico com as pernas tortas, os planos dos serviços secretos piemonteses, franceses, prussianos e russos, os massacres numa Paris da Comuna em que se comem os ratos, golpes de punhal, horrendas e fétidas reuniões por parte de criminosos que entre os vapores do absinto planeiam explosões e revoltas de rua, barbas falsas, falsos notários, testamentos enganosos, irmandades diabólicas e missas negras. 

O protagonista e todas as outras personagens deste romance existiram realmente e fizeram aquilo que fizeram. Queres saber o quê? Então vem requisitar o livro! 
Já está disponível na Biblioteca!

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

O Nome da Rosa

Um estudioso descobre casualmente a tradução francesa de um manuscrito do século XIV: o autor é um monge beneditino alemão, Adso de Melk, que narra, já em idade avançada, uma perturbante aventura da sua adolescência, vivida ao lado de um franciscano inglês, Guilherme de Baskerville. Estamos em 1327. Numa abadia beneditina reúnem-se os teólogos de João XXII e os do Imperador. O objecto da discussão é a pregação dos Franciscanos, que chamam a igreja à pobreza evangélica e, implicitamente, à renúncia ao poder temporal. Guilherme de Baskerville, tendo chegado com Adso pouco antes das duas delegações, encontra-se subitamente envolvido numa verdadeira história policial.
Um monge morreu misteriosamente, mas este é apenas o primeiro dos sete cadáveres que irão transtornar a comunidade durante sete dias. Guilherme recebe o encargo de investigar esses prováveis crimes.
O encontro entre os teólogos fracassa, mas não a investigação do nosso Sherlock Holmes da Idade Média, atento decifrador de sinais, que através de uma série de descobertas extraordinárias, conseguirá no final encontrar o culpado nos labirintos da Biblioteca.

Queres saber quem é o culpado? Então vem requisitar o livro!
Já está disponível na Biblioteca!

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Projeto Formação Coro de Leitores


Rodolfo Castro, mais conhecido como «o pior contador de histórias do mundo», esteve presente hoje, na biblioteca da nossa escola, para divulgar o projeto "Formação Coro de Leitores", numa parceria entre o Serviço de Apoio às Bibliotecas Escolares da Câmara de Oeiras (SABE) e as Bibliotecas Escolares do nosso concelho. A sessão decorreu entre as 9:25 e as 10:30, tendo a turma do 6º E, acompanhados pela professora Ana Melo, participado neste evento. Assim, caberá a este conjunto de alunos dar o seguimento ao projeto, bem como proceder à divulgação do mesmo entre os seus pares.

Boas leituras!

A Professora Bibliotecária,
Isabel Santos

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Homenagem a Umberto Eco

Faleceu, no passado dia 19 de fevereiro na sua casa em Milão, o escritor italiano Umberto Eco, aos 84 anos de idade. Este foi considerado uma das figuras mais relevantes da cultura italiana deste século.
A obra de Umberto Eco continuará a estar presente nas universidades portuguesas, principalmente nas áreas das ciências sociais e humanas, pois há um livro que tem uma utilidade muito prática: Como Se Faz Uma Tese em Ciências Humanas, publicado em 1977. Esta obra foi o suporte de muitos trabalhos de mestrado nas gerações de estudantes universitários que o leram e sê-lo-á também para as gerações vindouras. Em Portugal, a sua popularidade surge com a publicação do romance O Nome da Rosa, em 1983.

Eis uns excertos de um texto de Umberto Eco, proferidos numa intervenção em março de 1981, no âmbito da comemoração dos vinte cinco anos da Biblioteca Municipal de Milão:

«... Um dos mal-entendidos que dominam a noção de biblioteca é o facto de se pensar que se vai à biblioteca pedir um livro cujo título se conhece. Na verdade acontece muitas vezes ir-se à biblioteca porque se quer um livro cujo título se conhece, mas a principal função da biblioteca, pelo menos a função da biblioteca da minha casa ou da de qualquer amigo que possamos ir visitar, é de descobrir livros de cuja existência não se suspeitava e que, todavia, se revelam extremamente importantes para nós.
... A função ideal de uma biblioteca é de ser um pouco como a loja de um alfarrabista, algo onde se podem fazer verdadeiros achados e esta função só pode ser permitida por meio do livre acesso aos corredores das estantes.
... Se a biblioteca é, como pretende Borges, um modelo do Universo, tentemos transformá-la num universo à medida do homem e, volto a recordar, à medida do homem quer também dizer alegre, com a possibilidade de se tomar um café, com a possibilidade de dois estudantes numa tarde se sentarem numa maple e, não digo de se entregarem a um amplexo indecente, mas de consumarem parte do seu flirt na biblioteca, enquanto retiram ou voltam a pôr nas estantes alguns livros de interesse científico, isto é, uma biblioteca onde apeteça ir e que se vá transformando gradualmente numa grande máquina de tempos livres...».
Umberto Eco
(citação retirada do livro A Biblioteca)

Esta semana a Biblioteca irá dar a conhecer a obra deste escritor, pondo em destaque os livros disponíveis para consulta e leitura.
Boas leituras!

A Professora Bibliotecária,
Isabel Santos

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Feira dos Minerais

Convite
Semana das Ciências


A equipa da Biblioteca convida-te a visitar a Feira dos Minerais no âmbito das comemorações da Semana das Ciências. Este evento surge numa parceria entre o grupo de Ciências Naturais da nossa escola e a biblioteca, tendo como objetivo complementar os conteúdos disciplinares inerentes à ciência. Este evento decorrerá entre os dias 22 e 25 de fevereiro com o seguinte horário: 9:00h -17:00h.

Ficamos a aguardar a tua visita!  Aqui encontrarás peças originais e económicas!

A Professora Bibliotecária,
Isabel Santos

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Nova Enciclopédia Portuguesa - Soloviev/Thaser

Obras onde são expostas, por ordem alfabética, rubricas sobre diversos ramos do conhecimento humanos ou sobre uma ciência. A primeira foi a História Natural de Plínio, na Antiguidade. Segui-se-lhe a obra de Santo Isidoro de Sevilha Etimologias (séc. VII) e o Dicionário Universal (séc.IX) do bispo de Constança, Salomão.

Artigo
Tao - Antibiótico descoberto em 1958. O seu aparecimento constituiu uma grande vantagem para as pessoas alérgicas à penicilina, pois não é tóxico para elas e apresenta resultados mais rápidos.

Este é o 24.º volume da Nova Enciclopédia Portuguesa.
 Queres saber mais sobre outros assuntos?
Já está disponível na Biblioteca!

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Enciclopédia Ilustrada da Família - M/S

- Disposição de A-Z para uma consulta fácil e rápida.
- Mais de 10000 fotografias coloridas dispostas em sequência e em 70 conjuntos fabulosos.
- 2500 ilustrações, diagramas e desenhos.
- Mais de 1000 páginas repletas de informação atualizada.
- Textos acessíveis compilados por especialistas.
- Mais de 600 artigos-chave e mais de 5000 tópicos adicionais com informação aprofundada.
- Sistema de referência cruzada que facilmente conduz o leitor de um assunto para outro.
- Secção de referência com factos e dados numéricos essenciais, e um índice abrangente com 20 000 palavras.

Artigo
Medicina e Mulheres Sábias - Para a maioria das pessoas, a única ajuda médica possível era dada por uma "mulher sábia". Estas curandeiras tratavam enfermidades usando remédios tradicionais à base de ervas, como por exemplo a tussilagem. Porém, quando as universidades começaram a formar médicos, a maioria excluiu as mulheres, apesar do seu conhecimento.

Este é o 4.º volume da Enciclopédia Ilustrada da Família
Queres saber mais sobre outros assuntos? Este é o livro ideal para ti!
Já está disponível na Biblioteca!

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Vivaldi

Antonio Vivaldi nasceu a 4 de março de 4 1678, em Veneza. Estudou música com o pai que era violinista na capela ducal de São Marcos.
Foi ordenado sacerdote em 1703 mas abandonou o hábito pouco depois por padecer de uma grave afeção asmática. Na mesma data entrou como professor de violino e começou a ensinar no Ospedale della Pietà, um conservatório para raparigas órfãs e indigentes.
No início da década de 1710 já era famoso como compositor em Veneza e também nas principais praças musicais europeias. 
Entre 1725 e 1728, estreou oito óperas em Veneza e Florença. Em 1725, publicou, em Amsterdão, Il cimento dell'armonia e dell'invenzione, monumental compilação de 12 ciclos de concertos, em que se incluem as Quatro Estações.
                                                           
Este é o 1.º volume da coleção História da Música Clássica.
Já está disponível na Biblioteca!

Senta-te confortavelmente. Fecha os olhos e aprecia a melodia!

terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

O Mistério do Quadro Desaparecido

Calder Pillay e Petra Andalee frequentam o 6º ano na Escola da Universidade de Chicago. A sua amizade nasce, em grande medida, devido à admiração que sentem pela professora, a Sra. Hussey, cujos métodos de ensino pouco convencionais fazem com que aprender se torne uma verdadeira aventura. E é justamente numa das suas aulas, e a propósito de um trabalho sobre se a escrita seria a forma mais correcta de comunicar, que Calder e Petra descobrem um mundo repleto de estranhos acontecimentos e de misteriosas coincidências que, à primeira vista, parecem não estar relacionados.
Tudo isto assume contornos mais sinistros quando um quadro de Vermeer é roubado e uma carta enigmática é enviada a três pessoas a pedir ajuda na identificação de um crime com vários séculos de existência.
De um momento para o outro, Calder e Petra vêem-se envolvidos neste perturbador enredo e, empenhados em descobrir toda a verdade, tornam-se autênticos detectives, colocando por vezes as suas vidas em risco.
Personagens intrigantes, puzzles e códigos indecifráveis que aos poucos vão fazendo sentido, envoltos numa atmosfera de suspeição, levam o jovem leitor, passo a passo, ao desvendar de toda a trama.

Este é o 75.º livro da coleção Estrela do Mar.
Já está disponível na Biblioteca!

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Beethoven

Ludwig van Beethoven nasceu a 16 de dezembro de 1770 em Bona, na Alemanha. 
Coube a Beethoven nascer e viver num dos períodos  mais convulsionados da história europeia. quando a Bastilha se derrubou e, com ela, o Antigo Regime monárquico  em França, Beethoven tinha dezoito anos. As diversas convulsões políticas que se sucederam marcaram a vida e a obra deste músico.
Ao longo da sua vida, Beethoven escreveu obras programáticas fortemente tingidas por circunstâncias políticas. Desde uma das suas primeiras composições, escrita quando ainda não deixara a sua Bona natal, a cantata por ocasião da morte do imperador José II, até ao coro final da Sinfonia n.º 9 (1822-1824), Beethoven tentou plasmar na sua música a admiração que sentia pelos grandes valores coletivos: a fraternidade, a justiça, a liberdade ou o progresso.

Este é o 13.º volume da coleção História da Música Clássica.
Já está disponível na Biblioteca!

Senta-te confortavelmente. Fecha os olhos e aprecia a melodia!

domingo, 14 de fevereiro de 2016

Dia dos Namorados

Juliet on the Balcony, by Thomas Francis Dicksee (1875)
Verona, 1958

Não fui ter com ele, Julieta. Não fui ter com o Lorenzo. 
O olhar dele era tão confiante... prometera-lhe que fugiríamos juntos visto os meus pais não aprovarem, mas em vez disso deixei-o à espera debaixo da nossa árvore, perguntando-se onde eu estaria. 
Estou agora em Verona e regresso a Londres amanhã, e tenho tanto medo... Por favor, Julieta, diz-me o que fazer. Sinto o coração desfeito e não tenho mais ninguém a quem pedir.

Beijos, Claire


Verona, 2008

Querida Claire,
"e" e "se" são das duas palavras menos ameaçadoras que há. Mas juntas uma ao lado da outra, têm o poder de nos perseguir para o resto da vida. "E se?".
Não sei como acabou a sua história, mas se o que sentiu então foi o verdadeiro amor, nesse caso nunca é tarde de mais. Se era verdade então, porque não o pode ser agora? Só precisa da coragem de seguir o que lhe dita o seu coração. 
Não sei qual será a sensação de um amor como o da Julieta, amor que deixa para trás entes queridos, amor que faz atravessar oceanos... Mas gostava de pensar se um dia o sentisse, que teria a coragem de o agarrar. 
E Claire, se não o agarrou, espero que um dia o agarre.

De todo o coração, Julieta
(textos traduzidos do livro Letters to Juliet de Lise Friedman)

Feliz Dia dos Namoradossão os votos da equipa da biblioteca.

A Professora Bibliotecária,
Isabel Santos

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Exposição - O Amor é...

Convite
Exposição


A equipa da Biblioteca convida-te a visitar a Exposição O amor é.., composta por trabalhos realizados pelos alunos dos 2.º e 3.º ciclos de escolaridade, nas disciplinas de Educação Tecnológica e Artes, sob a supervisão das professoras Carla Ribeiro, Mónica Costa e Margarida Coelho.
Esta atividade surge numa parceria entre a Biblioteca Escolar e o Eco-Escolas. Ao grupo juntou-se a Sala Horizontes com os seus trabalhos e doces feitos no Espaço Girassol.
A exposição estará presente na biblioteca nos dias 11 e 12 de fevereiro, com o seguinte horário: 9:00h -15:00h.
Concorre ainda com uma frase sobre o que representa para ti o amor. Levanta o teu boletim na biblioteca e entrega-o até às 17:00 h. do dia 12 de fevereiro. Participa e vais divertir-te!

Procuras uma prenda para o(a) teu/tua namorado(a)?
Ficamos a aguardar a tua visita!  Aqui encontrarás peças originais e económicas!

A Professora Bibliotecária,
Isabel Santos

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

King Arthur and the Knights of the Round Table

Only the next king can pull the sword out of the stone.Many people try, but they cannot move the sword. Then young Arthur tries, and it comes out easily. Now he will be king. But will he be a good king? And will his life be happy?

Penguin Readers are simplified texts designed in association with Longman, the world famous educational publisher, to provide a step-by-step approach to the joys of reading for pleasure. Each book has an introduction and extensive activity material.

Queres desvendar este mistério? E melhorar o teu inglês?
Então este livro é para ti!
Vem requisitá-lo e entrarás nesta fantástica aventura!

terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Carnaval

Caretos, de Podence (Bragança)
Esta vida são dois dias e o Carnaval são três...
(Ditado Popular)

O Carnaval em Portugal também conhecido como Entrudo, é a festa que precede os quarenta dias de jejum de preparação para a Páscoa. Neste período, as pessoas festejam e despedem-se dos excessos da carne perdoados pela Igreja graças à privação posterior. Assim, deixamos aqui um presente que esperamos que seja do agrado de todos os foliões... a "Moda do Entrudo".

Moda do Entrudo
Ó entrudo, ó entrudo
Ó entrudo chocalheiro
Que não deixas assentar
As mocinhas ao soalheiro

Eu quero ir para o monte
Eu quero ir para o monte
Que no monte é que eu estou bem
Que no monte é que eu estou bem

Eu quero ir para o monte
Eu quero ir para o monte
Onde não veja ninguém
Que no monte é que eu estou bem

Estas casas são caiadas
Estas casas são caiadas
Quem seria a caiadeira
Quem seria a caiadeira

Foi o noivo mais a noiva
Foi o noivo mais a noiva
Com o ramo de laranjeira
Quem seria a caiadeira

Poderão acompanhar a letra com a música interpretada por José Afonso,
retirada do  álbum Traz outro amigo também, de 1970.


É tempo de folia! Boa diversãosão os votos da equipa da biblioteca.

A Professora Bibliotecária,
Isabel Santos

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

The Mummy

"Imhotep is half-dead and will be half-dead for all time."

The Mummy is an exciting movie. Imhotep dies in Ancient Egypt. 3,700 years later Rick O'Connell finds him. Imhotep is very dangerous. Can O'Connell send him back to the dead?

Penguin Readers are simplified texts designed in association with Longman, the world famous educational publisher, to provide a step-by-step approach to the joys of reading for pleasure. Each book has an introduction and extensive activity material.

Queres desvendar este mistério? E melhorar o teu inglês?
Então este livro é para ti! Vem requisitá-lo e entrarás nesta fantástica aventura!
Já está disponível na biblioteca!

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Moderna Enciclopédia Universal - Rea/Sew

«Por outras palavras: as enciclopédias fazem, por isso, em nossas casas, uma grande parte do trabalho que as bibliotecas públicas bem organizadas realizam.
Isso explica que a organização e publicação de enciclopédias remontem à Antiguidade clássica e continuem a verificar-se através da Idade Média, do Renascimento e, especialmente, do século XVII até aos nossos dias.»

Dr. Azevedo Perdigão, Presidente da Fundação Calouste Gulbenkian

Artigo
Rebocador espacial - Veículo espacial destinado exclusivamente ao transporte de cargas úteis no espaço, como, p.ex., a transferência de um satélite da sua órbita de espera para a órbita de definitiva. O rebocador espacial foi concebido como complemento do vaivém espacial.


Este é o 16.º volume da Moderna Enciclopédia Universal.
 Queres saber mais sobre outros assuntos?
Já está disponível na Biblioteca!

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

A Viúva e o Papagaio

Imprevisível, divertido e inteligente, este conto acompanha a aventura da Sra. Gage, uma velha viúva que descobre uma herança inesperada com a ajuda de uma papagaio invulgar. «Não está ninguém em casa!», «Não está ninguém em casa!» é só o que o papagaio James sabe dizer, mas ele esconde um segredo, assim como esta história esconde uma lição...

A surpreendente história de uma simpática viúva, uma herança choruda e um belo papagaio, contada por uma das maiores escritoras do século XX, que é obrigatório ler. Mesmo!

Vem conhecer a história desta viúva e do seu papagaio...
O livro já está disponível na biblioteca!

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Moderna Enciclopédia Universal - Fra/Ham

«Por outras palavras: as enciclopédias fazem, por isso, em nossas casas, uma grande parte do trabalho que as bibliotecas públicas bem organizadas realizam.
Isso explica que a organização e publicação de enciclopédias remontem à Antiguidade clássica e continuem a verificar-se através da Idade Média, do Renascimento e, especialmente, do século XVII até aos nossos dias.»

Dr. Azevedo Perdigão, Presidente da Fundação Calouste Gulbenkian

Artigo
«Frankenstein» - Personagem do romance homónimo (1816) de Mary Shelley. Deve boa parte da sua popularidade ao filme de J. Whale Frankenstein 1931. 

Este é o 9.º volume da Moderna Enciclopédia Universal.
 Queres saber mais sobre outros assuntos?
Já está disponível na Biblioteca!

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Moderna Enciclopédia Universal - Sex/Tra

«Por outras palavras: as enciclopédias fazem, por isso, em nossas casas, uma grande parte do trabalho que as bibliotecas públicas bem organizadas realizam.
Isso explica que a organização e publicação de enciclopédias remontem à Antiguidade clássica e continuem a verificar-se através da Idade Média, do Renascimento e, especialmente, do século XVII até aos nossos dias.»

Dr. Azevedo Perdigão, Presidente da Fundação Calouste Gulbenkian

Artigo
Sicó- Serra portuguesa pertencente à orla sedimentar da Estremadura. Situa-se a E de Pombal, dividindo as bacias hidrográficas do Soure e do Nabão. Com a orientação N-S. o seu comprimento é de 7,5 Km e a altitude máxima de 553 m.

Este é o 17.º volume da Moderna Enciclopédia Universal.
 Queres saber mais sobre outros assuntos?
Já está disponível na Biblioteca!

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Moderna Enciclopédia Universal - Ana/Ave

«Por outras palavras: as enciclopédias fazem, por isso, em nossas casas, uma grande parte do trabalho que as bibliotecas públicas bem organizadas realizam.
Isso explica que a organização e publicação de enciclopédias remontem à Antiguidade clássica e continuem a verificar-se através da Idade Média, do Renascimento e, especialmente, do século XVII até aos nossos dias.»

Dr. Azevedo Perdigão, Presidente da Fundação Calouste Gulbenkian

Artigo
Anatéma - [grego, «maldição»]. Forma solene de maldição que implica a expulsão da comunidade eclesial (especialmente da eucaristia). Equivalente à excomunhão.


Este é o 2.º volume da Moderna Enciclopédia Universal.
 Queres saber mais sobre outros assuntos?
Já está disponível na Biblioteca!