quarta-feira, 31 de julho de 2013

O 10 Magnífico

Filo estava de mau humor. "Sabes o que é que sonhei?" rosnou ao avô, em frente à sua chávena de leite fumegante"sonhei que era Pitágoras!" e ao dizê-lo deixava subentendido que o considerava em parte responsável, com todos os seus discursos sobre matemática!
"Bem, pelo menos sempre se trata de um grande homem!" respondeu o avô para o consolar.
"Avô, mas queres comparar o Zorro ao Pitágoras?"
"Não, não, nem pensar... só quero dizer que o Pitágoras também é um homem famoso e importante."
"Até pode ser importante, mas famoso é que ele não é; se não porque é que no Carnaval, todas as crianças se disfarçam de Zorro e nenhuma de Pitágoras?"

A aventura de uma criança no mundo da Matemática!
Queres viver essa aventura? Então vem requisitar este livro... vais adorá-lo! 
Já se encontra na biblioteca!

terça-feira, 30 de julho de 2013

Livro com Cheiro a Baunilha

Nestas páginas perfumadas com o cheiro da baunilha há histórias pequenas sobre personagens especiais como uma bisavó que se faz de surda para poder ver televisão em paz, uma princesa que é a mais bela do quarto que é o seu mundo e a família do Alfabeto e da Palavra, que são pais de 26 letras (e raramente conseguem juntar todas à mesa…). 

Livro com Cheiro a Baunilha despertará o interesse dos mais pequenos pela leitura e servirá de emoldura aromática à prosa incomparável de Alice Vieira, autora que, nestes contos didácticos, com a mestria que lhe é reconhecida, vai conduzir as crianças no caminho da leitura, apresentando-lhes vocabulário, jogando com as palavras e brincando com a gramática e a acentuação. Quinze pequenos contos, magnificamente ilustrados, fazem deste terceiro livro da colecção «Livros com Cheiro» uma agradável companhia para crianças e adultos, prometendo momentos inesquecíveis de leitura, aprendizagem e troca de experiências.

PNL - Leitura Orientada na Sala de Aula
(12 exemplares)

segunda-feira, 29 de julho de 2013

Margarida, o Gnomo e a Matemática

Margarida é uma menina com uns olhos lindos, cheios de curiosidade, que, um dia, tropeça numa pedra e "descobre" um Gnomo que se torna no seu melhor amigo. O Gnomo diz-lhe que os números são o pensamento da Natureza e a partir daí, em conjunto, os amigos partem à descoberta da Matemática. Uma disciplina que além de encantadora é divertida, mágica e faz parte do dia-a-dia de cada um de nós. Um livro muito especial que vai entusiasmar crianças e adultos.

Uma aventura fantástica no mundo da Matemática! 
Queres viver essa aventura? 
Então vem requisitar este livro... vais adorá-lo! 
Já se encontra na biblioteca!

sexta-feira, 26 de julho de 2013

O Segredo do Licorne

Tintin compra para o amigo Haddock o modelo de um galeão antigo, que, por coincidência, era a réplica do navio de um antepassado do capitão, o cavaleiro de Hadoque.
O modelo é roubado, e logo depois a casa de Tintin é toda revirada. O que procuravam os assaltantes? Por sua vez, o capitão encontra no sótão de casa as memórias do cavaleiro.
Nelas, ele narra o seu encontro no Caribe com o pirata Rackham, o Terrível, que o captura com o seu navio, e para o qual transfere os tesouros que havia pilhado. O cavaleiro consegue escapar e afunda o Licorne com todo o tesouro a bordo. Divide depois o mapa com a localização do naufrágio em três partes, que esconde em réplicas do navio.
Muitos anos depois, Tintin e seus amigos decidem encontrar as partes do mapa, sabendo que para isso terão de enfrentar uma perigosa quadrilha.

Queres conhecer mais uma aventura de Tintin?
Então, vem requisitar o livro! Já está disponível na Biblioteca!

quinta-feira, 25 de julho de 2013

Kirchner

«Kirchner, concordaria hoje a maioria, era a principal luz do «Die Brücke». Actualmente, ele é considerado um dos mais significativos artistas não só do Modernismo alemão como também do Modernismo europeu como um todo. No entanto, este conceito não foi de forma nenhuma fácil de atingir. Os críticos de arte sempre consideraram difícil avaliar a sua vasta obra e esforço obsessivo que nela era aplicado. Com uma ilusão, a desconcertante metamorfose de Ernest Ludwig Kirchner fugiu à categorização artificial.»

 O livro já está disponível na biblioteca! 
Vem folheá-lo, ler, ver as pinturas, admirar os traços, as cores...!

quarta-feira, 24 de julho de 2013

Klein

«Em meados da década de 50 do século XX, Yves Klein viria a triunfar na cena artística internacional com a sua mensagem «um mundo novo necessita de um homem novo». Com um estilo muito peculiar e um carisma fora do comum, o jovem artista iniciava então o seu percurso na metrópole artística parisiense. Serão sobretudo as pinturas azuis - telas de grande dimensão que funcionam como plataforma de meditação perante a cor do céu - que o tornarão rapidamente famoso fora das fronteiras francesas, sob o epíteto de "Yves - le Monochrome".»

Vem folheá-lo, ler, ver as pinturas, admirar os traços, as cores...!
O livro já está disponível na biblioteca!

terça-feira, 23 de julho de 2013

Monte Palace - Um Jardim Tropical

No séc. XVIII, o Cônsul inglês, Charles Murray, comprou uma propriedade a sul da igreja do “Monte” e transformou-a numa belíssima quinta, então chamada “Quinta do Prazer”. Nos fins do séc. XIX, algumas da famílias mais prósperas da Madeira costumavam viver em belas quintas situadas nos arredores do Funchal. Em 1897, Alfredo Guilherme Rodrigues, adquiriu a referida quinta e, inspirado nos palácios que ele havia visto nas margens do Rio Reno, construiu uma residência com características de palácio e que, mais tarde, foi transformada num hotel com o nome de Monte Palace Hotel. Este hotel era frequentado por pessoas importantes, nacionais e estrangeiras, que apreciavam e gozavam este maravilhoso recanto com a sua esplendorosa vista sobre o Funchal e toda a paisagem natural que o circundava. Em 1943, Alfredo Guilherme Rodrigues, faleceu. Infelizmente, a sua família não deu seguimento ao seu projecto, o que originou o encerramento do hotel, tendo, entretanto, passado para as mãos da instituição financeira “Caixa Económica do Funchal”.

Em 1987, aquela instituição financeira vendeu a propriedade ao empresário, José Manuel Rodrigues Berardo, que, por sua vez, a doou à Fundação que ele próprio fundou e à qual ele deu o seu nome. Foi assim que nasceu o “Monte Palace Tropical Garden” (Jardim Tropical Monte Palace).

Queres saber mais sobre Monte Palace, um jardim tropical na Madeira? Então, vem requisitá-lo. 
Já está disponível na biblioteca!

segunda-feira, 22 de julho de 2013

Floresta Tropical - Uma Viagem Fotográfica

Grandes planos e individualidade única – as florestas tropicais vistas pela objectiva do fotógrafo da natureza Thomas Marent. Floresta Tropical é um assombroso retrato fotográfico dos habitats mais ricos e diversos do planeta e dos seus habitantes. 
Esta obra vai deslumbrar-te com as maravilhas da vida sob o dossel, resultado da extraordinária viagem de 16 anos de Thomas Marent pelos cinco continentes.

Queres saber mais? Então vem requisitar o livro! 
Já está disponível na biblioteca! 

sexta-feira, 19 de julho de 2013

Insubmissos

Da selva do Bornéu às gélidas margens da Antárctida, passando pela savana africana, Steve Bloom percorreu o mundo inteiro durante quase dez anos para reunir cerca de duzentas esplêndidas fotografias de animais no seu meio ambiente.
Nos locais mais remotos, Steve Bloom capturou estes instantes fugazes em que as fronteiras entre espécie animal e espécie humana se esbatem. Nesta abordagem antropomórfica do mundo animal, encontramos a ternura, a emoção e o humor que também pontuam as nossas vidas.
O livro divide-se em quatro grandes capítulos: África, Antárctida, Eurásia e Américas, que completam textos de Steve Bloom sobre a sua concepção da fotografia e a sua permanente busca da luz. 
Diversidade de panoramas, climas e costumes, harmonia das cores que dos puros brancos da Antárctida às cores quentes de África se estendem, Steve Bloom dedica-se a mostrar o mundo tal como o sente, impondo a si próprio o desafio de traduzir as suas emoções em imagens.

Um livro único...! Já está disponível na Biblioteca!

quinta-feira, 18 de julho de 2013

O que são o Bem e o Mal?

Perguntas? Perguntas porquê?
As crianças fazem perguntas, todo o género de perguntas, e normalmente são perguntas importantes. O que fazer com essas perguntas? É necessário que os pais lhes dêem resposta?
Por que razão deveriam eles responder em vez das crianças? Não se trata aqui de pôr de parte a resposta dos pais: ela pode ajudar a criança a formar-se. Mas convém igualmente ensinar a criança a pensar e a julgar por si mesma, para poder adquirir a sua própria autonomia e tornar-se responsável.

Este livro pode responder às tuas perguntas! 
Já está disponível na biblioteca!

quarta-feira, 17 de julho de 2013

O que são os Sentimentos?

Perguntas? Perguntas porquê? As crianças fazem perguntas, todo o género de perguntas, e normalmente são perguntas importantes. O que fazer com essas perguntas? É necessário que os pais lhes dêem resposta? Por que razão deveriam eles responder em vez das crianças? Não se trata aqui de pôr de parte a resposta dos pais: ela pode ajudar a criança a formar-se. Mas convém igualmente ensinar a criança a pensar e a julgar por si mesma, para poder adquirir a sua própria autonomia e tornar-se responsável.Uma pergunta pode valer por si mesma, simplesmente por ser uma pergunta bonita, ou porque apresenta um belo problema carregado de sentido e de valor. Desta forma, a vida, o amor, o belo ou o bem serão sempre eternas perguntas.Serão, porém, dadas algumas pistas. 
Em O que são os sentimentos?, há seis grandes questões para jogar com as ideias e ver além das aparências. 

Como é que sabes que os teus pais gostam de ti? Tens ciúmes dos teus irmãos ?Porque é que te zangas com aqueles de quem gostas?É bom estar apaixonado? É melhor estar sozinho ou com os amigos? Tens medo de falar sozinho à frente da turma? Então este livro é para ti! Já está disponível na Biblioteca!

terça-feira, 16 de julho de 2013

O que é Viver em Sociedade?

As crianças fazem perguntas, todo o género de perguntas, e normalmente são perguntas importantes. O que fazer com elas?
Em "O que é viver em sociedade?", há seis grandes questões para jogar com as ideias e ver para lá das aparências. Somos todos iguais? Tens de concordar sempre com toda a gente? Gostarias de viver completamente só? Para vivermos em sociedade precisamos sempre de regras e de um chefe? Temos todos a obrigação de trabalhar? És obrigado a respeitar sempre os outros? Para cada uma destas questões, são apresentadas várias respostas. Algumas delas poderão parecer evidentes, outras misteriosas, espantosas ou até desconcertantes, mas todas elas serão objecto de novas perguntas, porque o pensamento é um caminho sem fim.

Este livro pode responder às tuas perguntas! Já está disponível na biblioteca!

segunda-feira, 15 de julho de 2013

Quem sou Eu?

Perguntas? Perguntas porquê?
As crianças fazem perguntas, todo o género de perguntas, e normalmente são perguntas importantes. O que fazer com essas perguntas? É necessário que os pais lhes dêem resposta? Por que razão deveriam eles responder em vez das crianças? Não se trata aqui de pôr de parte a resposta dos pais: ela pode ajudar a criança a formar-se. Mas convém igualmente ensinar a criança a pensar e a julgar por si mesma, para poder adquirir a sua própria autonomia e tornar-se responsável.Neste livro são apresentadas várias respostas para cada pergunta. Algumas delas poderão parecer evidentes, outras misteriosas, espantosas ou até desconcertantes, mas todas elas serão objecto de novas questões, porque o pensamento é um caminho sem fim.

Este livro pode responder às tuas perguntas! Já está disponível na biblioteca!

sexta-feira, 12 de julho de 2013

Goya

Francisco José de Goya y Lucientes (Fuendetodos, 30 de Março de 1746 - Bordéus 16 de Abril de 1828) foi um pintor e gravador espanhol.

«Em 1774, Francisco Goya foi viver para Madrid. Na altura apenas com 28 anos, tinha-lhe sido confiada a tarefa de desenhar tapeçarias para a Real Fábrica de Tapeçarias de Santa Bárbara, tarefa essa que lhe foi atribuída, não pelo seu especial talento, mas devido aos bons conhecimentos que a sua família possuía, mais concretamente, através do seu cunhado (Goya casara havia apenas um ano), um conceituado pintor em Madrid.»


O livro já está disponível na biblioteca!
Vem folheá-lo, ler, ver as pinturas, admirar os traços, as cores...!

quinta-feira, 11 de julho de 2013

Caravaggio

«Caravaggio é o pintor mais misterioso e, sem dúvida, o mais revolucionário da história da arte. Em Roma, trinta e quatro anos após a morte de Miguel Ângelo, ele esteve na origem de uma reacção violenta contra «o Maneirismo», ou seja, a forma de pintar dos mais velhos, que ele considerava limitados, afectados e académicos. Impôs uma nova linguagem realista, teatral, escolhendo em cada tema o instante mais dramático, recrutando os modelos na rua, mesmo para as cenas mais sagradas como A Morte da Virgem, não hesitando em pintá-los de noite, o que poucos artistas, antes dele, tinham ousado. Ele proclamou o primado da natureza e da verdade.»

Vem folheá-lo, ler, ver as pinturas, admirar os traços, as cores...!
O livro já está disponível na biblioteca!

quarta-feira, 10 de julho de 2013

Marie Curie

Marie Curie poderia ter sido uma das mulheres mais ricas do mundo, devido às suas descobertas científicas. Em vez disso, viveu e trabalhou na pobreza, porque queria que os benefícios do seu trabalho estivessem livremente à disposição de todos. Mesmo o seu trabalho principal foi realizado num barracão em ruínas e mal equipado.
Marie Curie descobriu o rádio e foi uma pioneira do estudo da radioatividade. A sua contribuição para a pesquisa do cancro foi imensa e teve como resultado a salvação de milhares de vidas.
A nível pessoal, a sua história é uma história de coragem contra problemas que pareciam de resolução impossível.
Partindo de uma situação em que era difícil a uma mulher adquirir instrução básica, ela acabou  por se doutorar em Ciências e continuou até ao ponto de ser galardoada com dois Prémios Nobel, como uma das maiores cientistas deste século.

Lê o livro para ficares a conhecer melhor a vida desta personalidade! 
O livro já está disponível na biblioteca!

terça-feira, 9 de julho de 2013

Louis Pasteur

Químico cujas experiências conduziram ao maior avanço médico de todos os tempos.

A meio do século passado, um jovem cientista, chamado Louis Pasteur, iniciou uma investigação que mudou literalmente a histórica médica do mundo. Antes de Pasteur, as pessoas morriam de doenças, às centenas de milhar, sem saberem porquê. Famílias inteiras desapareciam durante as epidemias de cólera, febre tifóide e peste bubónica. Morrer de pneumonia, tubercolose, difteria e sífilis era vulgar. Morriam mães de parto e morriam crianças de tenra idade - era vulgar uma família passar pela tragédia de perder dois ou três filhos, mesmo antes destes atingirem os cinco anos de idade.
Os médicos não faziam ideia nenhuma das causas destas doenças e nada podiam fazer para as evitar ou curar. Pasteur encontrou a solução. Demonstrou o papel fundamental que os micróbios desempenham na nossa vida e provou que eles tanto podem ser úteis como muito perigosos. Tendo provado a existência dos germes patogénicos, Pasteur revolucionou a prática da medicina. Graças a Pasteur e às técnicas da vacinação e a pasteurização que nos deixou, a morte por doenças causadas por micróbios pertence agora ao passado.

Lê o livro para ficares a conhecer melhor a vida deste cientista! 
O livro já está disponível na biblioteca!

segunda-feira, 8 de julho de 2013

O Caso Jane Eyre

O destino do património literário da humanidade está nas mãos de uma mulher:

Quinta-Feira Seguinte, a melhor detective literária de todos os tempos!

Num mundo onde os detectives privados investigam crimes de plágio, falsificação e roubo de primeiras edições, a invenção de um cientista excêntrico permite a quem quer que seja entrar nas páginas de qualquer obra literária. E as consequências vão ser catastróficas.

Vem conhecer esta famosa detective! 
O livro já está disponível na Biblioteca!

sexta-feira, 5 de julho de 2013

Os Irmãos Wright

A história da luta para construir e pilotar o primeiro avião.

Orville Wright esteve no ar apenas doze segundos, cobrindo a distância de quarenta metros. Mas esses doze segundos no ar foram suficientes para fazer dele a primeira pessoa a voar num aeroplano de tamanho natural mais pesado do que o ar, controlado pelo próprio piloto.
Quando crianças, os irmãos Wilbur e Orville Wright ficaram fascinados com os brinquedos a que chamavam piões chineses, que rodopiavam no ar lançados por um elástico. Na sua loja de bicicletas, Wilbur deu consigo a rodar num e noutro sentido uma caixa vazia, começando a surgir na sua mente a ideia do voo controlado.
Os dois irmãos desenvolveram e testaram as suas ideias. Foram inspirados por outros e sofreram várias contrariedades pelo factor tempo. Mas conseguiram. Em 17 de Dezembro de 1903 estavam estabelecidos os princípios de voo. Cerca de noventa anos depois todo o mundo é afectado pela velocidade com que as pessoas podem viajar. O domínio do voo, conseguido pelos Wright, transformou o mundo.

Lê o livro para ficares a conhecer melhor a vida destas personalidades! 
O livro já está disponível na biblioteca!

quinta-feira, 4 de julho de 2013

Os Cavaleiros da Montanha

Esta é a história de um grupo de amigos aventureiros que, montados nos seus velozes cavalos, subiram a uma montanha encantada onde conquistaram um velho castelo abandonado. Por lá se divertiram e fizeram descobertas surpreendentes, sempre em clima de grande amizade. No final da aventura, um grupo rival e temível lançou-lhes um desafio que não iria ser nada fácil de vencer, mas eles mantiveram-se unidos.... 
«As coisas melhores são feitas no ar,
andar nas nuvens, devanear,
voar, sonhar, falar no ar,
fazer castelos no ar
e ir lá para dentro morar.»

Manuel António Pina

Junta-te a eles e serás um dos Cavaleiros da Montanha! O livro espera por ti na Biblioteca!

quarta-feira, 3 de julho de 2013

Quebra-Cabeças sobre Matemática

Vamos para o mundo maravilhoso de Pim - onde vivem gnomos, minotauros, reis e feiticeiros amigos e outros monstros - uma terra onde são precisas aptidões matemáticas para sobreviver!

Apresentam-se perto de 80 diabólicos desafios com números,
todos emocionantes e divertidos!

Tenta calcular o peso do Alaranto, o dragão bebé que pesa 1000 quilos mais dois terços do seu próprio peso.
Conta o número de gatos alados e descubra o preço dos bombons.
Lê a história de uma competição de feiticeiros e faz os cálculos matemáticos por detrás de uma série de transformações mágicas. 

És capaz? 
Se tiveres dificuldades e precisares de ajuda, há um capítulo de pistas! No fim, encontras todas as soluções.
Já está disponível na Biblioteca!

terça-feira, 2 de julho de 2013

O Sr. Quadrado

Era uma vez o quadrado… é o regresso do avô e de Filippo, dito Filo, agora um menino-quase-adolescente. E desta vez falam de geometria… aplicada a crepes e sandes, aos terrenos dos amigos egípcios, ao metropolitano de Londres, aos pinguins e à bola de futebol. Em suma, à vida vivida. 
Num diálogo vivo, imediato e extraordinariamente actual, o avô, ex-professor de Matemática, conta ao arguto e simpático neto a maravilhosa invenção do quadrado e de outras figuras geométricas presentes em todo o lado nos nossos objectos quotidianos: dos faróis do carro, aos frascos de verniz, das cúpulas geodésicas às rodas dentadas, aos azulejos de Alhambra, ao anel de Moebius… 

Já podes passear no maravilhoso mundo da geometria!
Já está disponível na Biblioteca!

segunda-feira, 1 de julho de 2013

Martin Luther King

Adicionar legenda
O grande líder americano, defensor da não-violência, assassinado na luta pelos direitos negros.

Quando Martin Luther King foi derrubado por uma bala assassina, a 4 de Abril de 1968, muita gente em todo o mundo chorou a sua morte, porque era um grande Homem.
King foi a figura central da campanha pelos direitos civis dos negros nos EUA, durante os anos 50 e 60. Nos estados Americanos dos Sul, os negros continuavam a não poder frequentar as mesmas escolas que os brancos, não podiam comer nos mesmos restaurantes e nem sequer podiam usar as mesmas instalações sanitárias.
Martin Luther King estava determinado a mudar o rumo das coisas; sabia, porém, que o ódio não era a resposta certa. Influenciado pelos escritos de Gandhi, King levou os seus apoiantes a fazerem campanhas contra a violência. Esses apoiantes haviam de ser atacados e mangueirados nas ruas, presos aos milhares e, alguns, haviam mesmo de morrer. Mas King pregava que eles não deviam nem podiam ceder ao ódio.
King morreu pela sua causa. E, porque as relações raciais continuavam a ser um sério problema na Grã-Bretanha, América, África do Sul e muitos outros países, a mensagem de Martin Luther King, de justiça, de paz e de liberdade para todos os homens, torna-se mais relevante do que nunca.

Lê o livro para ficares a conhecer melhor a vida desta personalidade! 
O livro já está disponível na biblioteca!