sexta-feira, 28 de junho de 2013

Deixem-me Ser Feliz à Minha Maneira

Jasmine Fields não quer acreditar no que lhe está a acontecer! A sua mãe mudou de emprego e arrastou-a, juntamente com os seus irmãos, para longe de tudo e de todos, ignorando completamente os seus sentimentos... Para trás ficaram o seu pai, os seus amigos a sua casa. E agora? Como reagirá Jasmine a uma nova cidade, a uma nova escola, a novos amigos e à sua nova casa? No meio de toda esta confusão, será que também ela se irá transformar numa ´nova´ Jasmine? Sejamos positivos, por vezes a mudança pode não ser assim tão má, sobretudo se conhecermos um rapaz giro e atraente...
Não percas por nada este diário superdivertido, cheio de peripécias e confissões de uma jovem adolescente que, como tantas outras, só quer que a deixem ser feliz à sua maneira!

Este é o 59.º volume da coleção O Clube das Amigas.
Já está disponível na Biblioteca!

quinta-feira, 27 de junho de 2013

Amedeo Modigliani

«Amedeo Modigliani, nasceu em Julho de 1884, em Livorno, em Itália numa família pertencente à burguesia judaica. Os seus retratos e os seus nus, viriam a ser os quadros mais populares no séc. XX. Nenhum outro pintor dos tempos modernos foi objecto de tantas lendas, mitos e clichés como Modigliani. Sobre ele escreveram-se romances e uma peça de teatro, o seu estilo de vida boémio foi exacerbado em filmes, e a crítica de arte está igualmente repleta de episódios glorificantes. Morre aos 35 anos, tuberculoso, sem um tostão e debilitado no fim de uma vida inteiramente dedicado à arte.»

O livro já está disponível na biblioteca! 
Vem folheá-lo, ler, ver as pinturas, admirar os traços, as cores...!

quarta-feira, 26 de junho de 2013

Um Príncipe Azul em Central Park

Apesar de Olívia ter descoberto que em Manhattan vivem bruxas, fadas e ogres, a sua principal dúvida mantém-se: será ela uma princesa ou não?
Só há uma maneira de o descobrir: participar no Grande Baile de Primavera e beijar um príncipe à meia-noite. Fácil como beber um copo de água (ou engolir um sapo), dirão vocês! Para Olívia, porém, esta parece uma hipótese pouco provável: beijar um príncipe… Ela, a rapariga mais tímida de Nova Iorque. Contudo, quando Sua Alteza Dominic Alistair Balthazar, o irresistível jovem de quinze anos de sangue azul, chega à cidade, Olivia começa a sentir-se estranha: estará apaixonada?

Queres saber se a Olívia está apaixonada pelo irresistível Dominic? 
Então vem à biblioteca requisitar o livro! Já está disponível!

terça-feira, 25 de junho de 2013

Enquanto a Cidade Dorme

Enquanto a cidade dorme, Rui e Ana recebem a visita do anão Martim, sapateiro de fadas. Vem do outro lado do mundo, onde vivem as criaturas maravilhosas que os homens expulsaram da Terra, e tem uma missão a cumprir: guiar os dois jovens para o Outro Lado, onde devem assinar o Tratado da Lembrança.
É sempre assim, de cem em cem anos. À noite. Quem sabe abrir os portões da noite, encontra a outra metade, desconhecida, da vida: surpresas sem fim, claros mistérios, sustos medonhos.

Estás pronto para as surpresas?!?
Então vem requisitar o livro! Está à tua espera na Biblioteca!

segunda-feira, 24 de junho de 2013

A Batalha sem Fim

A Batalha sem Fim deve o seu cenário ao célebre Pinhal de Leiria e Mata do Urso, à zona que liga as aldeias dos Marrazes, Monte Redondo, do Coimbrão, até desembocar nas praias da Vieira e do Pedrógão. 
Romance de marinheiros, Batalha sem Fim recorda-nos a vida difícil e esfomeada dos pescadores de mar, consolados com um pedaço de broa, meia sardinha e copo de tinto, "escorripichado" goela abaixo.
Até que o sonho se apodera de José Algodres, personagem à volta do qual a trama se desenrola.

Excerto
O arrais volveu olhos e avistou Domingas, sua mulher, que corria para a borda de água, braços a espadanar, a fralda e a brancura das pernas gordas em remoinho como alcaravão desasado. Entretanto, a vaga maciça e longa, afiada em cunha, que insinuando-se por debaixo do barco e suspenderia e levaria no refluxo melhor que andilhas, repicava na terra. O meia-lua encabritou-see recaiu duas e três vezes enquanto a companha tresmalhava chapinhada pelo mar. Só naquele instante devia de aparecer a coruja do inferno!

Este é o 5.º volume da coleção Romances Completos de Aquilino Ribeiro!

Vem viver o sonho desta personagem... José Algodres!
O livro já está disponível na biblioteca!

sexta-feira, 21 de junho de 2013

Hopper

«Para a maioria dos europeus, Hopper é um pintor que confirma a sua própria imagem da América. As exposições que tornaram Hopper conhecido em fins dos anos 70 de um público mais alargado na Alemanha ena Europa mostram que este fenómeno não se deve a uma determinada maneira de pintar que representa uma escola americana específica. O que é decisivo são antes os temas dos quadros em si, assim como o facto de as cenas representadas nos quadros  de Hopper apresentarem um duplo código. A representação de um ambiente que parece tipicamente americano está sujeita à lei duma alienação que nas imagens da vida moderna realça principalmente as suas rupturas, tal como acontece com a exactidão realista dos pormenores.»

Vem folheá-lo, ler, ver as pinturas, admirar os traços, as cores...!
O livro já está disponível na biblioteca!

quinta-feira, 20 de junho de 2013

Princesas em Manhattan

Manhattan é um lugar especial onde as bruxas são esteticistas, os ogres são detectives com um faro excepcional, as fadas-madrinhas criam modelos de alta-costura e as agências de emprego oferecem óptimos empregos a princesas, meias-irmãs e madrastas. Certo dia, Olivia, de onze anos, entra no quarto da sua ama e descobre posters de sapos colados nas paredes e uma colecção de recortes de jornais sobre príncipes casadoiros... Olivia tem uma fada-madrinha, mas esta perdeu a memória e já não se lembra dos dons que lhe concedeu à nascença! Como se não bastasse, o Grande Livro dos Nomes e dos Dons, onde as fadas madrinhas registam os dons dos afilhados, foi roubado e, se não for recuperado dentro de três dias desaparecerá para sempre! Olivia tem de o encontrar para obter resposta à questão que a atormenta: ela é uma princesa ou não?

Queres saber a resposta à questão que atormenta a Olivia? 
Então vem à biblioteca requisitar o livro!

quarta-feira, 19 de junho de 2013

Charles Darwin

A importância da Teoria da Evolução de Darwin na compreensão do mundo biológico.

Após uma viagem épica de cinco anos à volta do mundo, Charles Darwin formulou a teria que viria a abalar os alicerces da sociedade do século dezanove. No seu livro «A Origem das Espécies», expôs o ponto de vista revolucionário de que todos os seres vivos, das formigas aos elefantes, tinham evoluído por selecção natural. Os mais aptos, os mais bem sucedidos, sobreviviam e reproduziam-se; os outros, com o tempo, desapareciam.
Essa teoria chocou não só a Igreja como o público em geral. O Homem fora criado por Deus, afirmavam. O Homem era um ser supremo e único. Geraram-se discussões acerbadas e debates acalorados acerca do modo como teria aparecido a vida na Terra. Finalmente, o mundo científico acabou por concordar com Darwin.
A sua teoria é hoje geralmente aceite do ponto de vista científico. Mas o mundo em geral tende ainda a agir como nos tempos vitorianos, como se fôssemos senhores da criação, com todas as outras espécies sujeitas ao nosso domínio e algumas vezes à nossa destruição. A história da investigação de Darwin e o seu controverso livro, que colocava os seres humanos dentro de determinado padrão de evolução, continuam a ter importância primordial.

Lê o livro para ficares a conhecer melhor a vida deste cientista! 
O livro já está disponível na biblioteca!

terça-feira, 18 de junho de 2013

A Família que não Cabia Dentro de Casa

Uma avó tão irrequieta que partiu uma perna a fazer esqui! Uma amiga com o estranho nome de Galochas. 
Uma irmã chanfrada. Uma vizinha choramingona e um taxista apaixonado por ela. Uma porteira que atrai as pulgas e um fantasma que resolve visitar a sua viúva. 
Um primo que é tanso e uma namorada ucraniana que fala uma língua que nem ele entende. Uma cabeça de esfregão ralado e uma tia Tábem. 
Uns pais que arrulham como pombinhos e uma casa mesmo a deitar por fora onde a família não cabe mas não pára de entrar — Ufa! Não é nada fácil ser-se adolescente, chamar-se Maria Ana (não, não é Mariana, quantas vezes será preciso dizer?!) e sobretudo ter de observar os estranhos efeitos que o amor tem nas pessoas…

Não é nada fácil ser-se adolescente... e tu o que achas?
O livro já está disponível na biblioteca!

segunda-feira, 17 de junho de 2013

Marley & Eu

"A história enternecedora e inesquecível de uma família e do seu cão mal comportado que ensina o que realmente importa na vida. Chamavam-se John e Jenny, eram jovens, apaixonados e estavam a começar a sua vida juntos, sem grandes preocupações, até ao momento em que levaram para casa Marley, «um bola de pêlo amarelo em forma de cachorro», que, rapidamente, se transformou num labrador enorme e encorpado de 43 quilos. 
Era um cão como não havia outro nas redondezas: arrombava portas, esgadanhava paredes, babava-se todo por cima das visitas, roubava roupa interior feminina e abocanhava tudo a que pudesse deitar o dente. De nada lhe valeram os tranquilizantes receitados pelo veterinário, nem, tão pouco, a «escola de boas maneiras», de onde, aliás, foi expulso. Só que Marley tinha um coração puro e a sua lealdade era incondicional. Partilhou a alegria da primeira gravidez do casal e o seu desgosto com a morte prematura do feto, esteve sempre presente no nascimento dos bebés ou quando os gritos de uma vítima de esfaqueamento ecoaram pela noite dentro. Conseguiu ainda a «proeza» de encerrar uma praia pública e arranjou um papel numa longa-metragem, através do qual se fartou de «conquistar» corações humanos. A família Grogan aprendeu, na prática, que o amor se manifesta de muitas maneiras... e feitios."

Já se encontra disponível na biblioteca!
Vem viver "loucas" aventuras com este adorável cão!

sexta-feira, 14 de junho de 2013

Caçadores De Bruxas

Pode dizer-se que, em Dragões de Éter - Caçadores de Bruxas, Raphael Dracon parte de uma simples questão para dar vida aos seus personagens: o que aconteceu depois? 
O que aconteceu ao Capuchinho Vermelho depois do caçador ter matado o lobo? E ao caçador? Teriam João e Maria realmente conseguido matar a bruxa? E qual foi a reação dos seus pais quando voltaram para casa? Teve a princesa realmente coragem de beijar o . príncipe que se transformou num sapo? E o que fizeram os anões depois de a Branca de Neve ter encontrado o seu príncipe? 
Quem é que, depois de ler os sempre eternos contos de fadas, não se questionou a esse respeito? De uma maneira dinâmica, Dragões de Éter - Caçadores de Bruxas narra a história do que teria acontecido depois desses contos chegarem ao fim sem perder a perspetiva da eterna luta entre o bem e o mal. 

O autor reúne todos estes personagens (e muitos outros) no Reino de Arzallum, muitos deles vivem em Andreanne, a capital do Reino. Arzallum fica em Nova Ether, um mundo que fora assolado pela magia negra praticada por bruxas que se desviaram do caminho do bem.

Este é o 1.º volume da série Dragões de Éter.
Queres saber mais? Então vem à biblioteca requisitar o livro!

quinta-feira, 13 de junho de 2013

O Fim do Senhor Y

Quando Ariel descobre um exemplar do livro "O Fim do Sr. Y" num alfarrabista, mal pode acreditar nos seus olhos. Conhece o autor, o excêntrico cientista vitoriano Thomas Lumas, e sabe que os exemplares são extremamente raros. E, dizem alguns estão amaldiçoados. 
Com o livro debaixo do braço, Ariel vê-se lançadas numa emocionante aventura de amor, sexo, morte e viagem no tempo. 

Parte mistério gótico, parte história de amor com viagens no tempo, O Fim do Senhor Y transporta-nos numa louca e fascinante indagação ao mais profundo do nosso ser e às nossas maiores interrogações.

O livro aguarda-te na biblioteca! Já está disponível!

quarta-feira, 12 de junho de 2013

Uma Prenda muito Especial

Os animais da floresta estão admirados: foi-lhes dito que esta noite vão receber uma prenda – uma prenda de Natal. Na expectativa, decidem ficar todos acordados, mas… onde está a prenda, que nunca mais aparece? Na tentativa de se distraírem e de não se mostrarem muito desiludidos, os animais acabam por ter uma bela surpresa e por descobrir da melhor forma que a amizade será sempre a prenda mais especial que alguma vez poderão ter! Uma história encantadora que nos relembra o que devemos verdadeiramente valorizar na nossa vida.

Vais adorá-la! Já está disponível na Biblioteca!

PNL - Leitura Orientada na Sala de Aula
(12 exemplares)

terça-feira, 11 de junho de 2013

Oblívio

Tomados pelo desânimo, os companheiros desta aventura enfrentam agora o seu maior desafio e o Oblívio ameaça a própria existência, da mesma forma que parece ser a sua única salvação. Na mais negra hora de Allaryia, a Sombra ergue-se triunfante, mas nem tudo o que parece é, e ainda falta a O Flagelo jogar a sua última cartada... 

Por fim, o tão aguardado sétimo e último volume das Crónicas de Allaryia, o final da épica saga que cativou milhares de leitores e que assinala um marco no fantástico português.


Este é o 7º volume da série As Crónicas de Allaryia.
Já se encontra na biblioteca!

segunda-feira, 10 de junho de 2013

Dia de Portugal

O Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, celebrado a 10 de Junho, é o dia em que se assinala a morte de Luís Vaz de Camões em 1580, o Dia do Santo Anjo da Guarda de Portugal, sendo por isso também o feriado nacional de Portugal.
Este ano, as comemorações oficiais decorrem na cidade de Elvas, que foi classificada em 2012 como Património Mundial da Humanidade pela UNESCO, além de ser uma das cidades mais importantes de Portugal a nível militar e de ser a mais fortificada da Europa.
E nas célebres palavras de Luís Vaz de Camões… 

«Cessem do sábio Grego e do Troiano 
As navegações grandes que fizeram; 
Cale-se de Alexandro e de Trajano 
A fama das vitórias que tiveram; 
Que eu canto o peito ilustre Lusitano, 
A quem Neptuno e Marte obedeceram: 
Cesse tudo o que a Musa antiga canta, 
Que outro valor mais alto se alevanta.» 

Os Lusíadas (Canto I, est.3)



Feliz Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas
são os votos da equipa da biblioteca. 

A Professora Bibliotecária,
Isabel Santos

sexta-feira, 7 de junho de 2013

James Watt

A história da descoberta da máquina a vapor, ponto de partida para a sociedade industrial.

James Watt era um construtor de instrumentos que construiu uma máquina a vapor, invento que ajudou a transformar o mundo. A máquina a vapor de Watt era mais rápida, mais barata e mais potente que qualquer outra antes e iria marcar o início da Revolução Industrial.
Antes da «Idade do Vapor» a energia era obtida pelos músculos dos homens e dos cavalos, pelo vento ou pela água; todas estas energias tinham um problema: dependiam da natureza, eram imprevisíveis, incontroláveis e pouco potentes. A nova máquina a vapor podia ser usada para bombear água das minas, para aumentar a produção nas fábricas de algodão, nos moinhos de farinha e nas fábricas de aço.
Alterou o mundo, quer industrial quer social - foram construídos comboios para andarem em terra e, para a água, barcos movidos a vapor. A indústria deslocou a sua actividade do artesanato caseiro para a produção em massa nas fábricas. A máquina a vapor de James Watt alterou todo o século dezanove.

Lê o livro para ficares a conhecer melhor a vida deste cientista! 
O livro já está disponível na biblioteca!

quinta-feira, 6 de junho de 2013

Thomas A. Edison

Como um dos maiores inventores de sempre dominou a electricidade para uso doméstico.

É difícil, actualmente, imaginar a vida sem electricidade - sem a possibilidade de ligar uma luz, de ouvir um disco, de ir ao cinema ou de fazer uma chamada telefónica para alguém. Todavia, todas estas coisas que hoje consideramos tão normais, resultaram da capacidade de invenção de um homem - Thomas A. Edison.
Antes de Edison, as ruas, as casas e as fábricas tinham de ser iluminadas todas as noites, manualmente, com pálidas luzes de gás. Logo que anoitecia, a indústria tinha de parar. Edison não descobriu a electricidade, nem o telefone, mas a sua capacidade de invenção e o seu dinamismo fizeram com que o uso desses aparelhos se viesse a difundir por toda a parte.
Edison foi, provavelmente, o maior inventor do mundo, tendo-nos deixado os princípios tecnológicos do mundo moderno. Esta história acompanha, no seu enredo, a vida desse infatigável inventor, documentando as suas ideias e criações que nos permitiram ultrapassar a Idade do Vapor e entrar no século XX.

Lê o livro para ficares a conhecer melhor a vida deste cientista! 
O livro já está disponível na biblioteca!

quarta-feira, 5 de junho de 2013

Alexander Bell

A história da invenção do telefone e do significado que teve nas nossas vidas.

O invento do telefone em 1876, por Alexander Graham Bell, desencadeou uma explosão na comunicação humana que se prolongou até aos nossos dias. Antes da descoberta e Bell, a maneira mais rápida de transmitir mensagens era através de fios telegráficos usando o código Morse. Antes do telégrafo, as mensagens urgentes eram enviadas a cavalo, por sinais de fumo ou por pombos.
Em 1870 procurou-se desenvolver o telégrafo, mas foi Bell o único capaz de o conseguir. Em jovem dedicara-se a ajudar os surdos e tentava agora ganhar dinheiro extra melhorando o telégrafo.
No decorrer das suas experiências, ouviu a vibração de uma voz através de um fio esticado de uma sala para outra. Qualquer outra pessoa que tivesse ouvido o mesmo som não se aperceberia do seu significado. Mas Bell possuía um profundo conhecimento da ampliação de vibrações pelo ouvido humano e apercebeu-se que seria possível transmitir a voz humana através de fios. Tinha nascido o telefone. Apenas numa década alastrou-se a toda a América e, pouco depois, a todo o mundo.

Lê o livro para ficares a conhecer melhor a vida deste cientista! 
O livro já está disponível na biblioteca!

terça-feira, 4 de junho de 2013

Guglielmo Marconi

A história das comunicações via rádio e de como tornam o mundo pequeno.

Aos vinte anos, Guglielmo Marconi sonhava que havia de enviar um sinal de uma ponta para a outra do mundo, através do ar, sem fio algum. Pelos vinte e três anos, conseguiu-o. Este jovem, com pouca formação científica clássica, investigando no sótão do pai, confundiu muitos dos cientistas da sua época.
Nessa altura, em 1895, o uso da electricidade ainda era uma novidade. Só catorze anos antes tinha sido usada pela primeira vez para iluminação das casas. Podiam enviar-se rápida e nitidamente mensagens através do telefone e do telégrafo. Contudo, estes meios de comunicação tinham sérios obstáculos: requeriam fios para que a mensagem fosse transmitida. O sonho de Marconi - enviar mensagens sem fios - parecia ficção.
Uma vez descoberto o ponto fulcral, Marconi trabalhou rapidamente e com determinação. Primeiramente enviou mensagens através do sótão. Depois para o jardim. Em seguida através do vale onde vivia. E, finalmente, através dos oceanos. Graças à sua curiosidade e à sua teimosia, hoje nós temos a TV por satélite, a rádio, as comunicações por laser e todos os sonhos do que se chama a «aldeia global».

Lê o livro para ficares a conhecer melhor a vida deste cientista! 
O livro já está disponível na biblioteca!

segunda-feira, 3 de junho de 2013

Van Gogh

Van Gogh é considerado um dos pioneiros na ligação das tendências impressionistas com as aspirações modernistas, sendo a sua influência reconhecida em variadas frentes da arte do século XIX, como por exemplo o  expressionismo, o fauvismo e o abstracionismo.

«Só depois da morte lhe tributaram reconhecimento. Com o conceito de génio, o público burguês cujos valores durante toda a sua vida o haviam enfastiado, encontrou acesso a ele e à sua obra. Vincent, o mal -amado, tornou-se herói, tanto mais quanto a arte se estabelecia como um mundo de boas aparências.»

Vem folheá-lo, ler, ver as pinturas, admirar os traços, as cores...!
O livro já está disponível na biblioteca!