quarta-feira, 23 de junho de 2010

Harry Potter e o Príncipe Misterioso

Voldemort está mesmo de volta! Esta é a terrível confirmação que agita o início do sexto ano na escola de feitiçaria de Hogwarts. O crescente poder maléfico de Voldemort e do seu vasto exército de Devoradores da Morte é cada vez mais visível, não só no mundo da Magia como no mundo dos Muggles. Agora, mais do que nunca, é necessário reunir forças para combater o mal, e, para isso, Harry e Dumbledore visitam o passado misterioso de Voldemort e o coração da magia negra, e desvendam alguns segredos verdadeiramente espantosos. Mas são muitos mais os enigmas que Harry terá de resolver, entre eles, um muito em especial - quem é o príncipe misterioso a quem pertenceu o livro sobre poções que Harry recebeu e que revela conhecimentos poderosíssimos e letais? Poderá contar com ele como aliado ou será mais um inimigo a vencer? 

Neste penúltimo livro da série, as forças são testadas até ao limite, e Harry terá de apelar a toda a sua coragem e determinação para prosseguir na luta contra o poderoso senhor das trevas!... 

Será que vai conseguir? Queres saber... então vem requisitar o livro! 
Já está disponível na Biblioteca!

terça-feira, 22 de junho de 2010

O Mundo no Tempo de Maria Antonieta

Maria Antonieta, rainha de França, viveu uma vida de luxo no Palácio de Versalhes. Contudo, em 1789, eclodiu uma violenta revolução no seu país.
Um pouco por toda a parte, o século XVIII foi uma época de tumultos. Novas ideias científicas transformaram a compreensão das pessoas em relação ao Mundo e impulsionaram os exploradores a fazerem-se ao mar em busca de novos conhecimentos. Novas ideias políticas conduziram a novas formas de governo e a América alcançou a independência da Grã-Bretanha. O comércio internacional divulgou produtos e povos por todo o Mundo.

Com imagens de pinturas, manuscritos e fotografias, este livro relata-te como era o Mundo no tempo de Maria Antonieta.

O livro já está disponível na Biblioteca!

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Arquimedes

Arquimedes, o génio distraído!

Neste primeiro volume vamos falar-te de um génio da Matemática chamado Arquimedes. Era um bocadinho cabeça no ar e muito imaginativo.Vê lá tu que passava a vida a pensar em figuras geométricas e a inventar autênticas máquinas de guerra! Tens mesmo de o conhecer melhor…

Se queres saber porquê? Então tens mesmo de ler este livro!
Já está disponível na Biblioteca!

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Alexander Fleming

Alexander Fleming, um bolor milagroso!

Se te disserem que um dos remédios mais importantes que encontramos na farmácia vem de um bolor, ficas muito surpreendido? Parece que, afinal, os fungos até são nossos amigos. Pelo menos era assim que pensava Alexander Fleming, que com um bolor conseguiu produzir um importante antibiótico: a penicilina.

Se queres saber porquê? Então tens mesmo de ler este livro!
Já está disponível na Biblioteca!

quinta-feira, 17 de junho de 2010

As Hormonas

O sistema endócrino, um correio muito eficaz...
Produzem-se diariamente no nosso organismo uma série de reacções químicas que dependem umas das outras. É uma cadeia imparável em que todos os órgãos se vêem envolvidos e que se manifesta pelo perfeito equilíbrio que mantém o nosso organismo.
Mas o que é que permite que todos os órgãos saibam como e quando actuar para conseguir esse equilíbrio que acabámos de referir? Isto: substâncias químicas produzidas por determinadas glândulas que, através do sangue, se distribuem por todo o corpo e estão sempre a informar as células do que devem fazer.
Estas glândulas recebem o nome de endócrinas e as secreções o de hormonas. Juntas constituem um autêntico sistema de comunicação interno que actua enviando uma mensagem diferente em cada caso.
A frequência com que estas mensagens se emitem varia conforme o órgão a que se destina e muitas vezes a ordem de emissão vem do sistema nervoso: quanto ao conteúdo das mensagens, refere-se quase sempre ao conjunto de funções internas do organismo (reprodução, crescimento, etc.).

Este é o 25.º volume da colecção Era uma vez... O Corpo Humano!
Já se encontra disponível na Biblioteca, vem consultar!

quarta-feira, 16 de junho de 2010

Dois Sentidos Vitais

Dois sentido vitais...
Os órgãos dos sentidos transmitem-nos informação pormenorizada e completa sobre o meio ambiente que nos rodeia, incluindo imagens, sabores, aromas, sons e impressões de tipo táctil.
O cérebro reúne todas esta informação e interpreta-a para regular o comportamento.
Vamos falar agora de dois destes sentidos. recordemos que os olhos captam a energia luminosa e transformam-na em impulsos nervosos que o cérebro interpreta como imagens. O ouvido intervém na manutenção do equilíbrio e no controlo da posição e do movimento do corpo; dentro do ouvido encontram-se também, os receptores auditivos que transformam as vibrações do ar em impulsos nervosos que, no cérebro, se convertem em sensações sonoras. Vista e ouvido, dois sentidos vitais sem os quais nos seria muito difícil relacionarmo-nos. Vejamos quais os problemas que eles podem apresentar e a maneira de os manter sempre saudáveis.

Este é o 37.º volume da colecção Era uma vez... O Corpo Humano!
Já se encontra disponível na Biblioteca, vem consultar!

terça-feira, 15 de junho de 2010

Por uma Vida mais Saudável I

Um relógio bem compassado...
A pessoa que é saudável sabe que o coração é uma referência, o mesmo é dizer que o coração são não provoca nenhuma espécie de sensação. A consciência humana não se apercebe, de modo nenhum, do trabalho imenso desta bomba chamada coração. O coração é considerado o órgão mais resistente do nosso corpo. Para o compreender, basta pensar no trabalho que realiza ao longo da vida de uma pessoa com a finalidade de distribuir sangue por todo o organismo. Esta tarefa realiza-se devido à sucessão rítmica das batidas cardíacas como se fosse um relógio bem compassado.

Este é o 32.º volume da colecção Era uma vez... O Corpo Humano!
Já se encontra disponível na Biblioteca, vem consultar!

segunda-feira, 14 de junho de 2010

O Sistema Imunitário

O corpo humano, às vezes, não funciona...
Imaginem uma máquina qualquer. Em qualquer momento, ela pode deixar de funcionar e então, diremos que está estragada. Pode ter-se partido devido a um agente externo, como uma pancada ou por uma causa interna, por exemplo, um defeito de fabrico. Pois bem; acontece o mesmo com o corpo humano que, tal como os outros seres vivos, está preparado para exercer três funções vitais: nutrição, relação e reprodução.
Mas às vezes, esta máquina perfeita deixa de funcionar correctamente e perde a capacidade de exercer qualquer uma dessas funções; nessa altura dizemos que está doente. Pode-se ficar doente por muitos motivos. Em certas ocasiões por defeitos congénitos e noutras por parte de um micróbio.

Este é o 21.º volume da colecção Era uma vez... O Corpo Humano!
Já se encontra disponível na Biblioteca, vem consultar!

sexta-feira, 11 de junho de 2010

Samuel Morse

Samuel Morse... o código secreto.

Sabias que é possível comunicar utilizando apenas pontos e traços? É um código ultra-secreto que hoje poucos conhecem e que tem o nome de um senhor chamado Samuel Morse, que também inventou o telégrafo. Se um dia quiseres impressionar os teus colegas e transformares-te num verdadeiro James Bond, já sabes: usa o código Morse!

Se queres saber porquê? Então tens mesmo de ler este livro!
Já está disponível na Biblioteca!

quinta-feira, 10 de junho de 2010

Socorrismo

O que é o socorrismo?
Os primeiros socorros são um conjunto de conhecimentos que permitem auxiliar eficientemente pessoas doentes ou acidentadas, inclusivamente salvando vidas enquanto se espera pela necessária assistência especializada.
Vamos tratar de tudo isto nesta nova séria a partir deste volume: falaremos de primeiros socorros e dar-te-emos noções suficientes para, com o tempo, poderes assistir os outros em situações difíceis. Como deves compreender, os conhecimentos que devemos proporcionar-te devem poder de ser assimilados por gente da tua idade.
Se na verdade te despertarem a vocação para o socorrismo, deverás ampliá-los com cursos teórico-práticos e manuais especializados e com isso, quando fores mais velho, poderás desempenhar essa missão tão importante e, o que é primordial, fazê-lo com êxito.

Este é o 46.º volume da colecção Era uma vez... O Corpo Humano!
Já se encontra disponível na Biblioteca, vem consultar!

quarta-feira, 9 de junho de 2010

Galileu, Galilei!

Galileu, Galilei! E, no entanto, ela move-se!

Era bom que gostasses tanto de Matemática como ele gostava. Galileu Galilei adorava números. Além disso, tinha a mania de questionar tudo e todos.
Se calhar, se não fosse assim, talvez não tivesse descoberto que afinal é a Terra que gira à volta do Sol e não o contrário, como todos pensavam naquela altura.

Se queres saber porquê? Então tens mesmo de ler este livro!
Já está disponível na Biblioteca!

terça-feira, 8 de junho de 2010

O Guarda da Praia

«Sentada no terraço, coloquei a folha na máquina de escrever e... fechei os olhos, inspirando a brisa salgada. De repente, uma sombra arrefeceu-me a cara e, quando abri os olhos, ali estava de novo o invasor de propriedade alheia, descontraído como sempre. 
Que é que vais escrever ali? - perguntou - me, apontando para a máquina.
- A história de uma mulher que vivia sozinha num prédio alto de uma cidade escura. 
Torceu o nariz em total desaprovação.
- Porque é que não escreves antes sobre o mar ou sobre uma viagem?» 

E é sobre o mar, e sobre uma viagem, e sobre tudo sobre ele, o Dunas, que a escritora solitária, em férias na praia, escreveu este livro surpreendente.

Queres viver esta aventura? 
Então vem à biblioteca requisitar este livro! Já está disponível!

segunda-feira, 7 de junho de 2010

Johannes Gutenberg

Johannes Gutenberg, o menino que gostava de livros!

Para o menino Gutenberg não havia nada mais importante do que os livros. Por isso, não se importou de dedicar tantos anos à invenção da imprensa.
Ele tinha o sonho de que houvesse pelo menos um livro em cada casa. E não é que conseguiu?

Se queres saber como? Então tens mesmo de ler este livro…!
Já está disponível na Biblioteca!

sexta-feira, 4 de junho de 2010

Thomas Edison

Thomas Edison, e fez-se luz...!

O feiticeiro Thomas Edison foi o maior inventor de sempre. Andou pouco tempo na escola, mas era inteligente ao ponto de criar centenas de engenhocas novas.
Pode dizer-se que era um autêntico génio da lâmpada. Aliás, levar a luz elétrica a casa das pessoas foi a melhor ideia que ele teve. Felizmente não foi a única!

Se queres saber porquê? Então tens mesmo de ler este livro!
Já está disponível na Biblioteca!

quinta-feira, 3 de junho de 2010

O Contrabando de Tesouros


Podes ser polícia ou ladrão neste espantoso livro de jogos que te levará à volta do mundo.Sê um criminoso astuto e foge da cadeia ! Ou junta-te à Força Policial Planetária e resolve crimes mundiais. Na tua viagem poderás viajar pelas cidades mais maravilhosas do mundo, ver espantosos edifícios a 3-D em cada página e descobrir fatos fantásticos sobre países de todo o mundo.

Gostas de brincar aos labirintos? Então vem requisitar o livro!
Já está disponível na Biblioteca!

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Rowland Hill

Rowland Hill, o amigo dos correios!

Antes da invenção do selo postal, receber uma carta era uma grande maçada, pois não te deixavam a carta na carta de correio sem antes a pagares.
Além disso, os mais pobres não podiam receber notícias dos amigos ou familiares que estavam longe por- que os correios eram caríssimos. Ainda bem que Rowland Hill resolveu isso tudo…

Queres saber como?
Então tens mesmo de ler este livro…!
Já está disponível na Biblioteca!

terça-feira, 1 de junho de 2010

Fondues - Bom Apetite!

Fondues: a forma divertida de juntar os amigos à mesa...
Fondue é uma palavra francesa que significa «fundir», derreter. E é exatamente o que acontece ao queijo para fondues.Mas a palavra pode ser utilizada também num sentido mais lato: os pedacinhos de carne ou de peixe que se cozinham no óleo, no azeite ou no caldo a ferver ficam com uma textura tão delicada que se «derretem» na boca! Mas voltemos à prática: para o azeite, o óleo ou o caldo utiliza-se preferentemente um recipiente metálico; mas para as fondues de queijo, é costume utilizar o tradicional tacho de barro, o caquelon, ou de louça. A fonte de calor, de gás, eléctrica ou a álcool, chama-se rechaud.

Fondues
Receitas bem apetitosas para todo o género de fondues, com os molhos mais saborosos e originais. O prato ideal para qualquer reunião de amigos. Com descrições pormenorizadas de cada fase de preparação e informação sobre o valor energético e nutritivo de cada receita.

 Queres aprender receitas apetitosas? Vem consultar o livro!
Já está disponível na Biblioteca!